Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Destaque Home

Vídeo | Polícia busca por autores de crime brutal em Gravataí

Publicado

-

A Delegacia de Homicídios de Gravataí concluiu na última semana o inquérito sobre a morte do motoboy Geovane Santos, de 24 anos, ocorrida no mês de setembro, no bairro Santa Cruz. O crime chamou a atenção pela brutalidade, quando pelo menos quatro criminosos perseguiram e o espancaram até a morte.

No entanto, desde a data do crime a polícia vinha tentando identificar os participantes, mas também tentando entender a motivação. Segundo a investigação, Geovane estava no bar quando uma briga teria iniciado. Ele tentou intervir para separar os envolvidos, mas acabou sendo “carimbado” pelos homens. Imagens de câmeras de segurança da região flagraram o momento do ataque. 

A dinâmica e os criminosos

No início da madrugada Geovane saiu do bar e caminhava pela Avenida Jorge Amado quando percebeu a aproximação de um veículo. Ele atravessou a avenida, mas os ocupantes desceram e o perseguiram. Com um pedaço de madeira ele foi agredido com diversos golpes – todos na região da cabeça. Os criminosos ainda utilizaram do próprio capacete da vítima para golpeá-la. Em seguida eles embarcaram no carro e fugiram.

Silvio Luiz Pacheco de Oliveira, 53 anos, com antecedentes por ameaça, falsa identidade e desacatado, foi identificado como um dos autores do crime. Era dele o veículo Vectra de cor Bordô, utilizado para o ataque contra Geovane. O segundo criminoso foragido é Doacir Antônio da Silva Barreto, de 45, também com antecedentes criminais. 

De acordo com o delegado Felipe Borba, outros dois adolescentes também participaram do ataque. Borba poderá pedir a internação da dupla. Os indiciados responderão por homicídio duplamente qualificado, que segundo o delegado, corresponde a motivação do crime. “Qualificado porque foi um motivo fútil e tem também como agravante o fato da vítima ter sido impossibilitada de se defender”, ressaltou. 

 Foto: Geovane Santos, 24 anos | Divulgação/Reprodução Facebook 

Publicidade
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias