Geral

Prefeitura vai contratar novos médicos após saída de cubanos em Gravataí

Publicado

-

Foto: Anúncio foi feito pelo secretário de Saúde de Gravataí, Jean Pierre Torman 

A Prefeitura Municipal de Gravataí foi comunidade nesta terça-feira (20) pelos próprios médicos cubanos, que por ordem do Governo de Cuba deveriam deixar de atender imediatamente, devido ao rompimento do Brasil com o país no programa Mais Médicos. A situação pegou de surpresa o governo municipal,e que agora aguarda a união, mas estuda medidas emergenciais para suprir os 17 profissionais que atendiam na cidade. Conforme o governo municipal, a saída dos cubanos reduz em 40% o número de médicos nas Unidades de Saúde da Família, que passam a contar com 26 profissionais.

“É uma situação extremamente preocupante, que vai impactar de imediato na qualidade dos serviços que vínhamos prestando”, lamentou o secretário da Saúde e procurador geral do Município, Jean Torman, que determinou a contratação imediata de sete profissionais que restaram do último concurso. Isso, no entanto, depende de esses médicos aceitarem o trabalho.

Para os pacientes que estão com consulta agendada, a orientação é para que eles se dirijam até as USFs, para avaliações de casos e possíveis remanejamentos. Das 11 unidades, as mais afetadas foram a USF Erico Veríssimo e a USF Morada do Vale II, que ficaram sem médico. Nesse caso, os pacientes poderão ser deslocados para as Unidades Básicas de Saúde São Geraldo e da Morada do Vale I, respectivamente.

A possibilidade de contratação de novos profissionais por meio de contratos emergenciais está inviabilizada por força de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado entre a Prefeitura e o Ministério Público, em governos anteriores. “O que está ao nosso alcance nós iremos fazer, e isso contempla a abertura de um novo concurso, mas essa não é uma medida a curto prazo”, ressalta o secretário Jean. “Vamos confiar na celeridade do governo federal, que anunciou nesta terça-feira a abertura de edital para a contratação de mais profissionais para o Mais Médico”, observou.

Situação nas USFs

Águas Claras: saem 3 – fica 1

Itacolomi: sai 1 – fica 1

Granville: sai 1 – fica 1

Nova Conquista: sai 1 – ficam 2

Érico Veríssimo: saem 3 – fica 0

Barro Vermelho: sai 1 – ficam 2

Morada Vale 2: saem 2 – fica 0

Aristides D’Avila: sai 1 – fica 1

Princesa Isabel: saem 2 – fica 1

Parque dos Anjos: sai 1 – ficam 2

Neópolis: sai 1 – ficam 2

Publicidade
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias