Moradores de Gravataí são prioridade para vacinação, informa prefeitura

Alguns postos de saúde de Gravataí não contam mais com doses de vacinas contra a gripe. De acordo com a prefeitura, o fato ocorreu devido aos moradores de cidades vizinhas virem até Gravataí para participar da campanha de vacinação, o que acabou deixando alguns moradores que residem no município, sem as vacinas.

Na tarde desta quarta (19) a prefeitura informou que medidas estão sendo tomadas para que todos os moradores de Gravataí possam receber as doses. A medida mais contundente será a apresentação de comprovantes de residência, para garantir que o cidadão, morador do município, tenha seu direito garantido. Ainda segundo a prefeitura, Cada município recebe do estado somente a quantidade de lotes necessários para cobrir a população moradora.

Quem pode receber?

  • Crianças de 6 meses a menores que 5 anos (quatro anos, 11 meses e 29 dias)
  • Gestantes
  • Puérperas (mulheres que estão no período de até 45 dias após o parto)
  • Idosos (a partir de 60 anos)
  • Profissionais da saúde
  • Povos indígenas
  • Pessoas privadas de liberdade e funcionários do sistema prisional
  • Portadores de doenças crônicas e outras doenças que comprometam a imunidade
  • Professores de escolas públicas ou privadas

Os três tipos distribuídos 

A vacina disponível no SUS protege contra os três subtipos do vírus da gripe que mais circularam no país: A/H1N1; A/H3N2 e influenza B. Segundo o ministério da Saúde, 60 milhões de doses de vacinas foram adquiridas, das quais 21,1 milhões de doses já foram distribuídas aos estados. Os grupos prioritários devem se vacinar todos os anos, já que a imunidade contra os vírus cai progressivamente. Além disso, o vírus da gripe passa por mutações frequentes.


Escreva um comentário

ver mais comentários  

Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Campos obrigatórios marcados como *