Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Política

Luis Felipe | Marco Alba antecipa o Décimo; veja os outros números bons

Publicado

-

Foto: Prefeito Marco Alba/Divulgação/Prefeitura Municipal de Gravataí

Embora o próprio prefeito diga sobre a gestão, que não há mágica, que é perseguindo o equilíbrio entre a coluna da receita e das despesas, onde diz que não há como ter novos resultados se não houver uma “ação austera, eficiente e transformadora”, e escutando inúmeras vezes com atenção o repetido discurso da “régua da economia” que a gente começa a crer que o prefeito faz mágica com os números sim.

A antecipação do 13º salário dos funcionários municipais é resultado direto da política econômica gerida pelo quarteto: Marco Alba, Davi Severgnini (Fazenda), Alexsandro Lima Vieira (Administração) e Jean Piery Torman (Procurador-geral). Digo mágica porque num Brasil afundado numa crise econômica, um Rio Grande do Sul na “UTI socioeconômica”, Marco Alba consegue fazer em Gravataí o inconcebível, ao ponto de históricos opositores políticos do prefeito estarem o elogiando.

Conheça os principais números da cidade, falados hoje na coletiva à imprensa:

– Com antecipação do 13º, serão injetados R$ 10 milhões no comércio.

– A folha de pagamento gira em torno de R$ 24 milhões por mês.

– Paga-se, por dívidas de gestões passadas, R$ 900 mil todos os meses.

– Já foram pagos, por essas dívidas, R$ 250 milhões, falta R$ 228 milhões.

– O endividamento de Gravataí caiu de 56%, em 2012, para 14%, em 2018.

– O governo pagou, desde 2012, mais de R$ 50 milhões em precatórios, que são

– Por último e mais importante, a taxa de investimento que o governo estima operar em 2019 é 12% (RCL), algo em torno de RS 100 milhões. A mais alta da história de Gravataí.

A notícia 

Durante reunião com vereadores da base do governo, na manhã desta terça-feira, 10, o prefeito Marco Alba anunciou o pagamento antecipado do décimo terceiro salário, com recursos do próprio caixa, sem a necessidade de empréstimo. No dia 20 de outubro, os servidores receberão o equivalente a 25% do salário; no dia 20 de novembro, mais 25%; e em 20 de dezembro, os 50% restantes. “É o resultado de uma gestão com austeridade fiscal e controle rigoroso das despesas”, disse o prefeito.

 Em 2019, Gravataí atingiu o menor nível de endividamento da sua história, caindo de 56% no início de 2013 para 14% em 2018, conforme dados do Tribunal de Contas do Estado – TCE/RS. Conforme o secretário da Fazenda Davi Severgnini, “o esforço do governo é sempre o mesmo, seja para precatórios, seja para a folha salarial, que é honrar seus compromissos, gozar de credibilidade e poder entregar soluções para a sociedade”.

Reconhecimento: Outra boa notícia foi trazida pelo procurador geral do Município e também secretário municipal de Saúde, Jean Torman: Gravataí recebeu do Tribunal de Justiça do RS o Selo de Regularidade e Responsabilidade no Pagamento de Precatórios (dívidas decorrentes de processos judiciais). Instituído em julho deste ano, o programa faz o acompanhamento e certificação da regularidade e responsabilidade no pagamento de precatórios.

Foto: Divulgação/Prefeitura Municipal de Gravataí

Segundo o TJ, trata-se de “ferramenta para atestar, com ampla publicidade, a boa conduta administrativa dos entes públicos devedores”. Recebem o selo aqueles que no exercício anterior tiverem voluntariamente liquidado suas obrigações relativas ao pagamento de precatórios, independentemente da modalidade do regime de pagamento, e estejam mantendo situação de adimplência com o pagamento de seus precatórios.

Em 2019, Gravataí está pagando R$ 800 mil por mês, totalizando R$ 9,6 milhões no final do ano, de precatórios cíveis e trabalhistas. “Parte significativa desse valor decorre de erros administrativos cometidos em gestão passadas, e que agora estão sendo pagos”, lembrou o prefeito. Hoje, o estoque de precatórios é de R$ 70 milhões e deve chegar a R$ 100 milhões, por conta de processos em andamento.

Publicidade
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias