Bebê é salvo por policiais após engasgar com leite em Gravataí

Brigada Militar | Divulgação

Ao entrar de serviço no último sábado (31) o soldado Pinheiro e o sargento Gonzales, ambos lotados no 17 BPM de Gravataí, não sabiam o que poderia vir a atender naquele dia. Entre as ocorrências de troca de tiros à briga conjugais, os policiais se dividem nas ações, mas na última ocorrência eles guardaram as armas e utilizaram de suas forças; a persistência e o amor ao próximo.

Foi durante uma parada em um posto da BM, que fica naquela região, que os policiais se depararam com um bebê desacordado, trazido pelos pais em desespero. A criança, de apenas treze dias de vida, havia se engasgado com o leite, e já era possível notar sua coloração arroxada, indicando o afogamento.

Logo eles iniciaram os procedimentos de primeiros socorros até que a criança retomasse a consciência. A mãe e o bebê foram levados por eles até o hospital de Cachoeirinha. No caminho até a casa de saúde ele voltou a respirar. De acordo com a médica plantonista do Hospital Padre Jeremias, os procedimentos de reanimação realizados pelo sargento Gonzales foram cruciais para que o bebê fosse salvo.

Nesta segunda-feira (02), os policiais foram até a residência da família ver o pequeno Arthur e, como forma de agradecimento, os pais convidaram os militares para apadrinhar a criança.


Escreva um comentário

ver mais comentários