Aplausos e “sirenaço” marcam o sepultamento do socorrista Marcos Aguiar



5052c9e2-281a-4177-9aa3-66f00171c916

Equipes do RS RESGATE – NOE, Anjos do Asfalto, Corpo Voluntário de Socorro e Resgate, GRAVE, S.O.S trauma de Viamão, Guarda Municipal e SAMU participaram do sepultamento de Marcos Aguiar. (Foto: NOE)

 

“Emoção no sepultamento de um Herói.” Foi assim que amigos e familiares do socorrista voluntário e condutor do SAMU, Marcos Aguiar, 31 anos, carinhosamente chamado de “Marquinhos”, o sepultaram na tarde desta terça-feira (25). Em uma dia nublado sob uma fina garoa, o cortejo fúnebre foi até o município de Glorinha para o adeus de Marquinhos. Ele faleceu na última segunda-feira (24), no Hospital em Gravataí, vítima de um tumor na região da cabeça, doença na qual vinha lutando há um ano e dois meses.

O cortejo emocionou a todos. Cerca de 200 pessoas acompanharam o sepultamento. As equipes de Socorro e Resgate dos municípios de Gravataí e Glorinha emocionaram a todos ao trafegarem pela Avenida Dorival Cândido Luz de Oliveira, com a sirenes das ambulâncias ligadas, fazem um “sirenaço”, cena essa, vista muitas vezes por Marquinhos, considerado pelos colegas, uma pessoa de grande coração e um excelente profissional.

Marquinhos além da paixão por ajudar as pessoas e salvar vidas, também era apaixonado pelo tradicionalismo. Amigos da “lida” acompanharam a cavalo parte do cortejo que seguia até o cemitério do município. Próximo das 17h ele foi sepultado. Marcos deixa a esposa e três filhos e também uma lição, a lição de ajudar o próximo.

faixa


Escreva um comentário

ver mais comentários  

Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Required fields marked as *