Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Geral

Bombeiros de Gravataí ajudam aluno autista a apresentar trabalho de escola

Publicado

-

A chegada do Corpo de Bombeiros de Gravataí até a Escola Cincinato Jardim do Vale, movimentou a manhã de alunos e professores, e deixou moradores do entorno curiosos aos ver o caminhão e outras três viaturas adentrar ao bairro Santa Cruz com a sirenes ligadas em sentido de ocorrência.

O chamado da manhã desta sexta-feira (06) também foi de ajuda, em especial, para um aluno da rede. Erick Pereira de 15 anos, é um dos dez estudantes de inclusão da Escola Cincinato. Diagnosticado com autismo, o menino, com a ajuda da mãe, foi até o Corpo de Bombeiros no início da semana para uma foto que representaria seu trabalho de escola.

O que ele não esperava, era que o simples trabalho se transformaria em uma manhã especial. Ainda no dia da ida até o batalhão, aonde conheceu as dependências, Erick também foi convidado a participar do projeto Bombeiro Mirim, e ganhou uma ‘ajudinha’ na apresentação de seu trabalho, situação que emocionou sua mãe.

“Ele tinha esse trabalho para fazer sobre o setor terciário. Então a ideia era uma foto com o Corpo de Bombeiros e depois transformaríamos em um banner para apresentar. Mas foi além. Eles se prontificaram a ajudar desta forma. O que me deixa feliz é a inclusão, saber que tem pessoas dispostas como nós, mães, que tem a vontade de ajudar as crianças e adolescentes com necessidades especiais. Isso é muito gratificante”, destacou a mãe, Patrícia Pereira.

Mais uma missão

Entre uma volta e outra de Erick no caminhão do Corpo de Bombeiros, o responsável pelo batalhão de Gravataí, tenente Adriano Silva, contou à reportagem do Giro de Gravataí sobre o sentimento de poder ajudar. “O Erick nos impressiona pela positividade, alegria e amor que transmite.

E hoje, com tudo isso acontecendo na vida dele, posso dizer que nós estamos mais realizados que ele. Na verdade, ele está nos dando uma oportunidade, a chance de ver o que realmente os bombeiros são predestinados a fazer. A ajudar o próximo, a promover o bem. Isso nos deixa extremamente feliz”, destacou Silva.

Para a professora e orientadora do projeto, Amanda de Souza, o trabalho de Erick superou todas as expectativas. “Não imaginávamos que isso ia acontecer. Ficamos felizes em ver o empenho dele e da mãe ao fazer este trabalho. Realmente, superou todas as nossas expectativas”, contou ela, que leciona Geografia na turma de Erick.

Mais

Fotos: Gabriel Siota Ganzer/Giro de Gravataí/Especial

Publicidade
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias