Polícia

Preso integrante de grupo que era responsável pelo delivery de drogas em Gravataí

Publicado

-

Foto: Giro de Gravataí/Especial

Passado quase um mês da operação policial que desbaratou um grupo criminoso responsável pelo delivery de drogas em pelo menos dez bairros de Gravataí, o caso voltou à mesa dos policiais. O documento envolvendo a operação Beira-Rio era a prisão preventiva de um membro do grupo, que conforme apurou a investigação meses antes de desencadear a operação, o homem de 36 anos era um dos condutores das motocicletas, que diariamente atendiam cerca de 30 usuários.

Na operação, a casa do preso, localizada no bairro Cruzeiro, também em Gravataí, foi alvo de um cumprimento de mandado de busca e encontraram drogas na residência. Desde então, ele estava nas ruas. Ontem, (09) os agentes da 2ª Delegacia de Polícia (DP) cumpriram a prisão do acusado. De acordo com a Polícia Civil, o preso já apresentava antecedentes policiais por tráfico.

Articulada durante aproximadamente 10 meses pela Polícia Civil, a Operação Beira-Rio já havia prendido outras sete pessoas, além de ter recuperado veículos e dinheiro, e apreendido drogas no dia 17 de julho. O principal alvo da operação foi o homem apontado pelas investigações  como o líder do esquema de delivery de drogas, apelidado como “Colorado”.