Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

BM prende acusado de ataque com dois mortos e 33 feridos em Gravataí

Polícia Civil | Divulgação

Portando uma pistola, um colete e um par de algemas, a Brigada Militar (BM) prendeu na última semana o criminoso Bruno Belomo da Silva, de 26 anos. O acusado foi detido no bairro Mário Quintana, em Porto Alegre. Ele é um dos indiciados pela Delegacia de Homicídios de Gravataí por conta do ataque a tiros no ano passado, na Morada do Vale II, que deixou duas pessoas mortas e outras 33 feridas.

Em outubro do mesmo ano, época do crime, Belomo e outros cinco comparsas chegaram em pelo menos dois veículos e abriram fogo contra populares que estavam em uma confraternização numa residência naquele. Conforme a investigação, o ataque teria sido motivado pela guerra entre facções.

O inquérito, que já foi fechado pela Polícia Civil, apresentava o criminoso como o primeiro identificado no ataque, e segundo a polícia, ele havia sido reconhecido por várias vítimas. O seu comparsa, também identificado no mesmo período havia sido preso dias depois em uma ação da BM, em Gravataí.

Cinco criminosos que participaram do ataque na época | Foto: Polícia Civil

No dia 08 de novembro a polícia encontrou o terceiro suspeito do crime. Morto. João Daniel Duarte de Souza foi encontrado com sinais de tortura e seu corpo enrolado em um cobertor na Estrada Abel de Souza, na área rural do município.

Os demais suspeitos, Emanuel da Rosa Generoso, 23 anos; Everson Luís Menezes da Rosa, 25 anos, seguem foragidos. Desde o ataque, considerado pelas forças policiais o maior da história da cidade, desencadeou uma série de medidas e estratégias na segurança do município.

Mais

Atentado no Vale | Polícia divulga a identidade de todos os envolvidos

Write a Comment

view all comments