Polícia

Sequestro e veículo incendiado; polícia vem investigando o desaparecimento de motorista em Gravataí

Publicado

-

Cleiton Dias Viana desapareceu após ter sido supostamente arrebatado por três homens na noite desta quarta (01), no bairro Sítio Gaúcho.

A Polícia Civil de Gravataí vem montando um verdadeiro quebra-cabeças para elucidar o desaparecimento de um motorista de aplicativos, que teria sido sequestrado na frente da casa de sua companheira, por volta das 19h desta última quarta-feira (01), no bairro Sítio Gaúcho, em Gravataí.

Conforme o registro policial, Cleiton Dias Viana saia da residência com um veículo HB20, alugado para realizar corridas por aplicativos. Em segundos, conforme o registro de ocorrência feito pelo irmão da vítima, três homens chegaram em uma VW/Amarok e abordaram o veículo de Cleiton. Em seguida, eles teriam entrado no HB20, fugindo em alta velocidade.

Desde então, Cleiton não foi mais visto. O caso foi registrado ainda na madrugada, como sequestro relâmpago. Nesta manhã (02), investigadores da 1 Delegacia de Polícia de Gravataí iniciaram as diligências para apurar o possível sequestro do motorista. Se não bastasse o arrebatamento, a Amarok foi encontrada queimada, há quilômetros de distância, horas depois do suposto sequestro, truncando ainda mais a investigação.

Para o delegado titular da 1ª DP, Márcio Zachello, o caso ainda é complexo, por isso, não descarta possibilidades.”Não estamos descartando nenhuma hipótese neste momento. Pode se tratar de um crime patrimonial, o roubo do carro por exemplo ou até mesmo crime contra a vida, sequestro, emfim. Estamos apurando as informações com a família da vítima para saber detalhes”, disso há pouco o delegado.

A Polícia Civil de Gravataí recebe denúncias pelo telefone (51) 3488-5733