Geral

Para driblar a crise, revenda de joias pode ser uma opção vantajosa

Publicado

-

A revenda de joias e semijoias é listada como uma das 350 tendências de negócios para ganhar dinheiro em 2020, conforme estatísticas do Sebrae. Neste ano, o Brasil deve atingir marca histórica de empreendedorismo. Segundo o órgão, país deve atingir um quarto da população adulta no seu próprio negócio.

É pensando em aquecer o mercado e em fornecer uma fonte de renda para driblar a crise financeira causada pela pandemia da COVID-19, que a Reviver Joias, há mais de três anos no mercado, busca ampliar a equipe de revendedoras. Trabalhando com o sistema de venda consignada, a empresa conta com um showroom, localizado no Centro de Gravataí, proporcionando às suas revendedoras a possibilidade de escolha do material, além de assistência 24h.

Showroom funciona de segunda a sexta, mas devido à pandemia, empresa está entregando kits nas casas das revendedoras.

“A Reviver Joias nasceu do sonho de incentivar mulheres a se tornarem independentes financeiramente através do empreendedorismo feminino”, destaca a proprietária da Reviver Joias Graziele Bernardo. “Os ganhos vão de 20% a 50% sobre as vendas”, complementa Leopoldo Bueno Feio Neto, sócio da Reviver e marido de Graziele. O empresário salienta ainda que a empresa “procura pessoas que realmente queiram empreender”. Com produtos novos toda semana, a variedade vai de relógios consignados do Grupo Orient como ORIENT, Lince, Oslo e XGames, a peças exclusivas e personalizadas da própria marca.

O showroom fica na Rua Ary Tubbs, 590, sala 205, e funciona de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h. Devido às orientações de distanciamento social do município, a Reviver está tomando todas as medidas de saneamento estabelecidas. Visando a segurança de sua equipe e clientes, neste período a loja está realizando a entrega dos kits diretamente na casa das revendedoras.

Para se candidatar as interessadas devem entrar em contato pelo whatsapp, no (51) 99811.9311.