Urgente: Fmma suspende abate de cervos no Pampa Safari

Após a polêmica envolvendo o abate de aproximadamente 300 cervos que estão contaminados por tuberculose, o caso ganhou um novo capítulo nesta quarta-feira (24). A Fundação Municipal do Meio Ambiente (FMMA), emitiu uma nota informando que é totalmente contrária a maneira como foi apresentada a questão aos veículos de comunicação.

Na última quarta-feira (23), o presidente da FMMA, Jackson Muller, conversou com o Giro de Gravataí e demonstrou a preocupação sobre o assunto. Ele também cobrou uma análise mais aprofundada sobre os casos de tuberculose para saber se não havia outra doença sendo repassada entre as espécies que habitam o parque.

Ainda nesta tarde, uma equipe irá comparecer ao Pampa Safari onde irão determinar a suspensão imediata da remoção de qualquer animal para o abate. Em nota, A FMMA ainda ressalta que a fundação é o órgão licenciador do parque. O Pampa Safari segue fechado para visitação.


Escreva um comentário

ver mais comentários  

Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Campos obrigatórios marcados como *