Geral

Seminário no Maranhão é a ‘prova de fogo’ do único Bombeiro a representar Gravataí

Publicado

-

O soldado do Corpo de Bombeiros de Gravataí, Willian Fonseca da Rosa, de 29 anos, tem uma missão a ser cumprida a partir da próxima terça-feira (12). Representando o município, o militar vai até o Maranhão e se juntará com mais de três mil outros militares no Seminário Nacional dos Bombeiros. A proposta é compartilhar das maios novas tecnologias usadas pelos bombeiros de todo o pais, além de palestras, apresentações de trabalhos científicos e até a discussão de técnicas operacionais utilizadas por outras unidades, de países ao redor do mundo.

Willian foi fuzileiro naval por cerca de nove anos antes de ingressar no Corpo de Bombeiros. Foto: Giro de Gravataí/Especial

Para Willian, o único da unidade de Gravataí a ser convocado, a oportunidade é extremamente importante para sua carreira e é vista como uma verdadeira missão. “Eu fico muito agradecido de ter sido escolhido para isso. Vejo mesmo como uma missão mesmo. Preciso absorver tudo o que existe de novo na questão de técnicas e até equipamentos, entender suas atribuições, saber realmente o que os outros estados estão utilizando de melhor. Depois trago isso à conhecimento dos meus oficiais e colegas para aperfeiçoarmos ainda mais nosso trabalho aqui na cidade”, destacou o militar, bombeiro há quase três anos.

Responsável pelo Corpo de Bombeiros de Gravataí, o tenente Adriano Silva destacou os motivos que levaram a convocação de Willian e a importância do seminário para o aprimoramento das ações do Corpo de Bombeiros no município. “Todos os militares do batalhão estariam aptos a participar, mas o Willian vem se destacando na proatividade, levando o nome do batalhão em primeiro lugar. Por isso decidimos enviá-lo.

Willian e o tenente Adriano Silva. Foto: Giro de Gravataí/Especial

O seminário acontece no Brasil, mas reúne oficiais, professores, engenheiros de todo o mundo, que dão aulas, palestras para o aperfeiçoamento no atendimento das ocorrências. São três dias de extrema importância para saber como os outros estados estão atuando em determinadas situações. Torna o nosso trabalho mais eficaz, o que acaba refletindo no cidadão, que precisa da nossa ajuda nas situações de sinistros e demais ocorrências”, contou o oficial.

Silva também destacou a desburocratização nas questões envolvendo o Corpo de Bombeiros de Gravataí. “A Prefeitura tem sido muito parceira. Desde a solicitação para comprarmos equipamentos, materiais, até mesmo com a construção desta nova sede. Isso é importante ressaltar, essa parceria é para o bem do município. É para o contribuinte. Estamos felizes com tudo isso que está acontecendo em nossa unidade”, disse.

O Seminário acontece nos dias 12, 13 e 14. Para os três dias, os valores das passagens aéreas, hotel e ajuda de custo foram pagos com o Fundo de Reequipamento do Corpo e Bombeiros (Funrebom), não onerando os cofres públicos.

Publicidade
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias