Introdução, segurança na rede e outras coisas mais

Introdução

Olá caros internautas. Este texto é o primeiro de vários que você poderá acompanhar aqui na coluna de tecnologia do Giro. Espero que vocês gostem e fiquem por dentro de opiniões e informações sobre o tema. Fico aqui também disponível para contato solicitando escrever sobre algum tema específico ou uma proza bem afiada…

Toda esta questão sobre segurança na internet gera assunto para muita conversa, são muitas questões técnicas, são muitos detalhes importantes que devem ser averiguados, todos os dias surgem detalhes novos, mas vou tentar resumir alguns detalhes mais usuais para você não ficar de fora.

Segurança na internet

Este assunto foi escolhido Justamente por conta deste grande ataque hacker que ocorreu nos últimos dias, e, pelo que estamos vendo, não acabou ainda.

Mas primeiro quero deixar você a par da correta definição de um termo muito importante que é utilizado de forma errada em vários textos e conversas mundo a fora: H-A-C-K-E-R

Fonte da imagem: Pixabay

Definição: O que é um Hacker ?

Vejamos o que diz a Wikipedia (nossa enciclopédia digital e livre):

Em informática, hacker é um indivíduo que se dedica, com intensidade incomum, a conhecer e modificar os aspectos mais internos de dispositivos, programas e redes de computadores. Graças a esses conhecimentos, um hacker frequentemente consegue obter soluções e efeitos extraordinários, que extrapolam os limites do funcionamento “normal” dos sistemas como previstos pelos seus criadores; incluindo, por exemplo, contornar as barreiras que supostamente deveriam impedir o controle de certos sistemas e acesso a certos dados

Vejamos bem, não fala nada ali sobre ser “do mal”, fala é sobre CONHECIMENTO, ESTUDO, DEDICAÇÃO. Então, por óbvio, nem todo hacker é mau. Concorda ? Pois é.. é isso mesmo. Hacker é aquela pessoa que estuda muito alguma coisa e consegue obter resultados diferenciados através do seu conhecimento adquirido, você pode hackear qualquer coisa, não somente sistemas de informação, mas um hardware, uma receita de comida, um dispositivo mecânico, elétrico, um simples método para fazer qualquer coisa, até mesmo uma sociedade inteira… hackear é conhecer, é estudar.

Os caras maus que tanto falam por aí, devem ser chamados de “crackers”, estes sim são os hackers que utilizaram seu conhecimento para o mal, roubam, mentem, invadem, enganam, e por ai vai…

Ok ? Então, depois deste esclarecimento, vamos dar continuidade ao nosso assunto.

Vírus

Vírus são uma praga digital, são pequenos programinhas que se alojam em dispositivos informáticos que eles tenha tido contado, seja através de um pendrive ou através da rede. São mutáveis bem como os vírus da gripe por exemplo, conforme os anti-vírus vão avançando, os vírus também vão.

Mas como eles conseguem “entrar” no nosso computador ? Bom, geralmente o sistema que você usa tem o que nós programadores chamamos de bug, ou brecha. Assim, este vírus consegue, através desta brecha, entras no sistema e fazer seu estrago.

Tipos de vírus

Existem vários tipos de vírus por ai, por exemplo: o ransonware, muito falado nos últimos dias justamente por conta do WannaCry, é um tipo de vírus que sequestra os dados e pede dinheiro em troca, o trojan é um arquivo que aparenta ser normal mas trás consigo, escondido, um outro arquivo malicioso, o phishing é uma técnica de captura de dados importantes como senhas e contas de banco, onde existe uma cópia exata da página desejada e que engana o usuário para inserir os dados corretos em um lugar errado. Backdoor é um vírus que abre uma porta de acesso escondida para ações dos crackers em sistemas mais complexos.

Sistemas impenetráveis?

Você acha que existe algum sistema 100% seguro ? Se respondeu sim, sinto muito, se enganou. Não existe. Sempre há uma falha, uma brecha, ou alguém que faça a bagunça. Sim, alguém! Não esqueça que podemos hacker tudo, até mesmo processos de segurança, através de pessoas podemos entrar em sistemas que são fechados às 7 chaves. Um computador desligado e descontado da internet é um sistema 100% seguro, mas também inútil. Fora isto, fique sempre de olhos bem abertos sobre tudo.

Como se proteger

Primeiramente, se você não conhece nada mais técnico sobre computadores além de navegar no facebook e olhar seus e-mails, então chame um técnico profissional para fazer isto para você. Valorize o profissional técnico de informática, ele estudou muito para conseguir fazer o que faz.

Mas se você gosta de xeretar e tem já algum conhecimento sobre o assunto, então vamos lá:

  1. Mantenha sempre seu sistema operacional (no caso o seu Windows, MacOS ou Linux) sempre muito bem atualizado.
  2. No caso do Windows, instale um ótimo anti-vírus, de preferencia pago, assim ele traz mais funções do que o normal, incluindo firewall até.
  3. Instale e mantenha sempre bem configurado um firewall, ele impedirá muitos acessos indevidos à sua máquina.
  4. NUNCA utilize um usuário do tipo “Administrador” no seu computador. Seu usuário deve ser do tipo “Comum”, sem acesso a nada do sistema para uso no dia-a-dia. Se precisar instalar algo, daí usa o Admin.
  5. Utilize senha para tudo, e senha forte. De preferência, não utilize a mesma senha, mas você pode trabalhar com uma gama de 4 a 5 senhas, fortes e não obvias, por vêz. Lembre-se, senha forte é aquela que demora para você gravar, pois não tem nexo, não forma palavras, tem muitos caracteres estranhos… estas é que são boas!
  6. Não abra e-mails que você não sabe se se inscreveu na lista, ou se não pediu para ninguém, ou não foi avisado sobre nada antes. SPAM tem aos quilos, BANCOS NÃO MANDAM EMAILS, não acredite em tudo nem se apavore com mensagens que contenham palavras do tipo: judicial, perder, atualizar, processo, dívida, etc… averígue sempre antes.
  7. Mantenha sempre uma cópia dos seus arquivos em um local separado do computador, como um HD externo, que não é tão caro em uma loja de informática. Isto garante que qualquer desastre que venha a ocorrer em seu computador você não perca nada do seu trabalho. Lembre-se: programar e sistemas nós reinstalamos sem problema, mas nossos arquivos são irrecuperáveis.

Conclusão:

Não devemos nos apavorar, mas toda ação que fizermos para nossa segurança é bem-vinda, é como se fosse nossa casa, você não deixa a porta aberta assim, do nada, o tempo todo né ? Então não faça isto no seu computador também.

Um grande abraço a todos.

Aproveitando este primeiro post, deixo aqui abaixo meus canais de contato também:

Página: http://programadorlivre.com , com artigos mais técnicos sobre desenvolvimento de software
Facebook – Página: https://www.facebook.com/ProgramadorLivre
Facebook – Perfil: https://www.facebook.com/sergio.berlotto
Twitter: http://twitter.com/berlottocdd


Escreva um comentário

ver mais comentários  

Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Campos obrigatórios marcados como *