Saiba como economizar nas passagens de ônibus de Gravataí



Andreo Fischer – Giro de Gravataí

Em tempos de retração financeira, todo mundo está querendo fazer mais com menos. Com a recente informação de que as passagens de ônibus da região metropolitana podem subir em quase 15% (logo após vem o reajuste na linha municipal), é necessário esclarecer que há possibilidade de desconto na tarifa ou até mesmo sua isenção para grupos específicos de pessoas.

 

Preparamos um guia para te ajudar a poupar um dinheirinho com o busão de todo dia:

 

Estudantes de escolas de Gravataí:

 

> Todos eles tem direito ao cartão Teu! Escolar Urbano, que dá direito a um desconto de 50% na tarifa. Cada passagem custará R$ 1,67 e o cartão tem limite de até dois usos por dia de aula, suficiente para ir a escola e voltar para casa. Este cartão só vale nas linhas municipais, popularmente chamada de “branquinhos”.

 

Documentos necessários: originais e cópias do RG, CPF, comprovante de residência e atestado de matrícula.

 

> Há uma modalidade de tarifa 100% isenta para estudantes de escolas públicas da cidade que sejam de baixa renda, mas devido a complexidade de documentos exigidos recomendamos procurar diretamente a SOGIL no endereço citado no fim da matéria.

 

 Estudantes que moram em Gravataí e estudam em outras cidades

 

> É possível fazer o cartão Teu! Escolar Metropolitano que fornece 10% de desconto nas linhas intermunicipais (ônibus azul).

 

Documentos necessários: originais e cópias do RG, CPF, comprovante de residência e atestado de matrícula.

 

> Para os estudantes que recebem até R$ 1320 por mês há possibilidade de fazer o Passe Livre Estudantil. É um cartão Teu! Que garante a gratuidade no transporte intermunicipal.

 

Como fazer: Há duas entidades em Porto Alegre que realizam o cadastramento. A UGES (União Gaúcha dos Estudantes Secundaristas) é o lugar que atende alunos de ensino médio, técnico e demais cursos.

Pelo site é possível pegar a lista de documentos necessários para o encaminhamento: http://www.uges.org.br/UGES/carteirinha.php?id=14

 

A UEE/RS (União Estadual dos Estudantes do Rio Grande do Sul) é a entidade que atende aos alunos das faculdades. É lá que você deve pedir seu Passe Livre. No site da instituição tem todos os detalhes a respeito dos documentos necessários: http://www.ueergs.com.br/vantagens/passe-livre/

 

Dica: Alguns cinemas e eventos como Expointer por exemplo, aceitam esses passes livres como documento estudantil, afim de ganhar desconto na entrada. Fique esperto!

 

 Idosos de 60 a 64 anos

 

> Os veteranos tem direito ao cartão Teu! Melhor Idade para andar nas linhas municipais e passando a catraca.

 

Documentos necessários: originais e cópias do RG, CPF, comprovante de residência e comprovante de renda.

 

Pessoas com deficiência

 

> Os PCDs tem direito ao cartão Teu! Isento que concede 50 passagens por mês nas linhas municipais.

 

Documentos necessários: originais e cópias do RG, CPF, comprovante de residência e um laudo médico do SUS de Gravataí atestando a deficiência do usuário.

 

> Existe também um passe livre para ir de uma cidade a outra, dentro do RS em linhas comuns (os “pingas”). É uma carteirinha que vale em todo o estado sendo possível ir a praia, serra, etc.

 

Como fazer: É necessário entrar no site da FADERS, que é um órgão do governo do estado que trabalha em favor dos deficientes. Lá, é necessário baixar três formulários para que o médico assine eles e assim seja possível encaminhar o passe livre. O terceiro formulário aceita indicação de pessoas que podem viajar com o deficiente sem pagar passagem também:

http://www.portaldeacessibilidade.rs.gov.br/servicos/9/4/3

 

Assinado os formulários é necessário encaminhar ao CRAS mais próximo de casa ou então encaminhar na Secretaria Municipal de Acessibilidade e Inclusão Social, da prefeitura de Porto Alegre, que atende moradores de outras cidades além da capital também.

 

Dicas para quem paga a tarifa integral

 

> No cartão Teu! Antecipado de cor amarela é possível pegar duas linhas municipais e pagar só uma. Basta passar o cartão no primeiro ônibus e no segundo em até uma hora e meia. Na prática para que você que por exemplo vem da parada 74, pode parar no centro e pagar algumas contas e depois pegar um ônibus em direção ao Parque dos Anjos, sem pagar nova tarifa usando o cartão antecipado.

 

> Com esse cartão dá para pegar uma linha municipal e uma intermunicipal e pagar somente a tarifa de menor valor. As possibilidades são muitas!

 

> Impossível que algum gravataiense não conheça, mas a cidade conta com “linhas operárias” que são ônibus geralmente colocados no início da manhã e fim da tarde com o valor de passagem a R$ 1,65, metade dos atuais R$ 3,35. Já dá para guardar a economia no porquinho!

 

O posto da SOGIL que faz os cartões citados acima fica na rua José Loureiro da Silva, 1520, Centro.


Escreva um comentário

Ver todos os comentários  

Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Required fields marked as *