Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Polícia

Preso homem suspeito de torturar, espancar e manter em cárcere privado a própria companheira

Publicado

-

Foto: Guarda Municipal de Gravataí/Divulgação

Foi durante um patrulhamento de rotina na tarde desta segunda-feira (20) que agentes da Guarda Municipal de Gravataí foram informados por moradores que o corpo de uma mulher estaria estendido às margens da Avenida Marechal Rondon – no limite entre em Gravataí e Cachoeirinha.

Enrolada por um lençol, ela apresentava diversos ferimentos, principalmente hematomas no rosto. Desorientada, a vítima contou a eles que havia sido espancada pelo seu companheiro. Foi então que os agentes colheram informações e conseguiram localizar o homem. A mulher foi socorrida e acompanhada pelos guardas até o hospital. Lá, as revelações. Ela contou que era moradora de rua e começou um relacionamento com o acusado, de 60 anos.

Ao ir morar na casa com o homem ela começou a ser agredida frequentemente e a obrigava a ficar dentro da residência, além de ser submetida a situações constrangedoras e humilhantes, como ficar sem as roupas durante todo o dia. Conforme os agentes, ela também relatou à polícia ter sido forçada a manter relações sexuais sem seu consentimento, e sob constate ameaça.

Ela também apresentava uma mutilação no mamilo, que teria sido feita após as mordidas do suspeito durante uma das tentativas de relação com a vítima. Ele, que já havia sido detido por agredir uma ex-companheira, negou o crime, mas foi preso em flagrante. A vítima prestou depoimento e precisou ser levada de volta ao hospital devido aos ferimentos e os desmaios constantes.

Publicidade
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias