Policiais militares são obrigados a permanecer na delegacia cuidando de presos



e30a97f1-88e7-48a2-8475-8253de63903c

Gabriel Siota Ganzer – Giro de Gravataí

Na madrugada desta quinta-feira (26) um jovem de 22 anos que estava foragido, foi preso por policias militares do município de Cachoeirinha. Ele então foi apresentado na Delegacia de Pronto Atendimento (DPPA) de Gravataí e deveria ser encaminhado até um presídio no prazo de 24 horas, porém até o fechamento desta matéria o jovem nem sequer tinha dado entrada na cela da DPPA.

DPPA lotada e viatura da BM na custódia

A Delegacia de Pronto Atendimento de Gravataí tem capacidade para alojar temporariamente dez presos; cinco em cada cela. Porém o número vem crescendo de acordo com novas prisões que são realizadas diariamente.

O problema da superlotação reflete no patrulhamento ostensivo da Brigada Militar (BM). Ainda na manhã desta quinta-feira policias militares estão sendo obrigados a ficar cuidando dos presos que ficam algemados em uma barra de ferro na chamada “ala de contenção”.

“Nós prendemos esse foragido ontem à noite e até não conseguir vaga na cela da DPPA ou uma vaga nos presídios temos que ficar aqui cuidando desses presos, fazendo a chamada custódia. Isso é um desserviço, pois estamos parados aqui e isso é prejudicial para a população. É uma viatura a menos na rua para fazer o patrulhamento e cuidar dos cidadãos de bem”, contou um policial militar que fazia a custódia de um dos presos.

Um agente da Polícia Civil também relatou que a custódia de presos na DPPA de Gravataí está quase diária. “Na última sexta-feira tivemos o mesmo problema. Não tínhamos vaga nem nas celas aqui da DPPA e pra não deixarmos o preso dentro da viatura colocamos ele aqui nessa ala. Eles não poderiam nem ficar aqui dentro, tinham que cumprir a pena nos presídios, porém sabemos a atual situação então somos obrigados a fazer esse tipo de coisa.

sssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssss


Escreva um comentário

Ver todos os comentários  

Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Required fields marked as *