Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Polícia prende autor de crime bárbaro contra idoso na Morungava

Envolvido com o tráfico de drogas no bairro aonde vivia com a família, em Cachoeirinha, o jovem de 22 anos foi mandado para uma propriedade na zona rural de Gravataí. Conforme a polícia, esta teria sido a forma que os familiares encontraram para tentar afastar de vez o jovem do mundo da bandidagem, mas que mais tarde seria sua nova cena de crime.

Foi na última sexta (07) que ele chegou no sítio, na região da Morungava, para ficar por alguns dias. Poucas horas no local já foi suficiente para identificar que na chácara em frente havia movimentação. Um idoso de 64 anos seria o caseiro do local. Conforme apurou a investigação, foi por conta de um celular descarregado que o suspeito fez o primeiro contato com o idoso, informando que na propriedade aonde estava não tinha energia elétrica. Ele então voltou horas depois para buscar o celular e foi embora novamente, ganhando uma breve confiança da vítima.

A polícia presume que tenha sido na madrugada que ele invadiu a residência e agrediu o idoso. De acordo com o delegado Marcio Zachello, titular da 1ª Delegacia de Polícia (DP) de Gravataí, o criminoso, não satisfeito com os golpes de soco e chute contra a vítima, também desferiu golpes com um objeto pontiagudo, não sendo descartada a utilização também de um martelo.“Depois de quase matar o idoso ele começou a roubar os pertences da casa, como máquinas roçadeiras e eletrônicos, e fugiu com um veículo Gol”, contou o delegado

Polícia fez a identificação

Durante todo o final de semana os investigadores trabalharam para identificar o acusado do crime que chocou moradores da zona rural da cidade. Testemunhas relataram a polícia que o suspeito foi visto nas redondezas. Foi durante diligências e seguindo os rastros deixados pelo criminoso que eles chegaram na casa do acusado, em Cachoeirinha. Ainda segundo o delegado, ele foi preso na residência e alguns objetos foram recuperados.

Com o pedido de prisão preventiva expedido, ele foi conduzido até a delegacia e preso pelo crime de tentativa de latrocínio. Testemunhas reconheceram o jovem como autor do crime. Além dele, um empresário, que comprou alguns materiais oriundos do roubo responderá pelo crime de receptação. Zachello elogiou a rápida resposta da equipe e atribuiu ao trabalho integrado. “Desde a investigação até a execução rápida do poder judiciário contribuiu para que colocássemos mais um criminoso atrás das grades”, o delegado.

Conforme o corpo médico do hospital, o idoso deu alta da UTI. O nome dele não foi revelado.

Write a Comment

view all comments