Polícia decreta luto e suspende operação por sete dias após morte de policial em Gravataí



Após a morte do policial civil Rodrigo Wilsen, na manhã desta sexta-feira (23), em Gravataí, o Sindicato dos Escrivães, Inspetores Investigadores de Polícia (Ugeirm), decretou luto oficial e suspendeu as atividades e operações por no mínimo sete dias.

Conforme a nota do sindicato, as viaturas policiais também se encaminharão para a frente do Palácio da Polícia, na Avenida Ipiranga onde, a partir das 16h, será realizado um grande sirenaço, de três minutos, em homenagem a Rodrigo Wilsen e em protesto contra as condições de trabalho na Polícia Civil.

Após o sirenaço, as viaturas partirão em carreata para o velório, que acontecerá no cemitério São João, na Zona Norte de Porto Alegre. Nas delegacias do interior, os policiais fecharão as portas e realizarão um sirenaço no mesmo horário.


Escreva um comentário

ver mais comentários  

Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Required fields marked as *