Polícia Civil está prestes a concluir caso da morte de soldado em Gravataí

17797357

Local onde ocorreu a troca de tiros no dia 30/11/15  – Foto: Luiz Armando Vaz

Passado um mês da morte do PM Rafael de Avila Oliveira, que foi morto em uma troca de tiros, no centro da cidade, em novembro, Policias  da 1ª Delegacia de Polícia Civil de Gravataí, se empenham para colocar atrás das grades outros suspeitos de participarem do roubo que vitimou o PM.

 

 

Dois homens que participaram do assalto foram presos minutos depois do tiroteio e indiciados por latrocínio consumado, e tentativa de homicídio a três Policias Militares.

 
Robson Borges da Silva, que era natural da cidade de São Paulo, foi preso e atualmente cumpre pena na Penitenciaria Estadual de Charqueadas. O outro preso, identificado como Edmilson Santos da Silva, esteve na joalheria uma semana antes do crime, e vestia a roupa de uma empresa de Segurança Privada. Segundo a Polícia Civil, ele foi o responsável por arquitetar todo o plano para assaltar a joalheria. Atualmente Edmilson cumpre pena na Penitenciária Estadual de Arroio dos Ratos.

 
O foragido…
O suspeito dos disparos que vitimou o Soldado da Brigada Militar, ainda segue foragido. Eduardo Fabian Esteves, vulgo “Uruguaio”, foi identificado em imagens das câmeras de segurança da joalheria, onde ocorreu a troca de tiros. Ele conseguiu fugir dos policias, e tinha sido visto pela ultima vez na zona rural do Município.

O cerco…

A três semanas atrás, uma denúncia anônima, levou os Policias Militares de Cachoeirinha e Gravataí, até um residencial que fica no Bairro Nova Cachoeirinha, segundo informações, o tal “Uruguaio” estava escondido em um dos apartamentos do condomínio. Uma busca foi feita em todos os apartamentos, porém não encontraram o criminoso. Que fugiu dos cerco, por um terreno baldio que fica na parte de trás do condomínio.

 

 

 

Sem-Título-1

Um vídeo do Grupo VlogLiberdade, fez uma matéria com Eduardo sobre o vício das drogas.

Em 2012, um grupo de apoio e recuperação de dependentes químicos, publicou um vídeo em seu canal, sobre os detentos do presídio central, e seus envolvimentos com as drogas e o crime. Em um dos documentários, o uruguaio Eduardo Fabian Esteves, relata como é ser dependente de drogas. Em um trecho do vídeo ele comenta “ Eu tenho todas essas condenas, por causa das drogas, eu nunca roubei para adquirir coisas, comprar casa, comprar carro. Só roubei para sustentar o vício da droga“.

 

 

 

O  rumo da investigação…

1-Márcio-Doval

Titular da 1ª DP de Gravataí, Delegado Alencar Carraro/ Foto: Marcio Doval

Segundo o Delegado Alencar Carraro, o Uruguaio só consegue fugir, pois tem pessoas no município que são da mesma quadrilha, na qual o uruguaio também atuava, isso dificulta a prisão dele, mas Carraro afirma: “Estamos muito próximos dele, já temos informações privilegiadas”.

O delegado também protocolou o pedido de prisão de mais duas pessoas envolvidas no crime:

Patrícia PSS, de 35 anos e Luis C.A.R.M de 51, foram indiciados e serão presos por associação ao tráfico, já que Patrícia, era dona de um dos apartamentos, onde o Uruguaio havia se escondido.

O caso agora é questão de tempo, para os outros indiciados serem presos. Ao todo são 8 pessoas envolvidas no crime, diretamente e indiretamente“.  A firma o Delegado Carraro, responsável pelo caso.


1 comentário

Escreva um comentário
  1. iara regina de avila machado oliveira
    Janeiro 12, 18:30 iara regina de avila machado oliveira

    que prendam em seguida esse assassino do meu sobrinho rafael de avila ele em que pagar por desustruturar uma familia

    Reply this comment

Escreva um comentário

ver mais comentários  

Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Campos obrigatórios marcados como *