Polícia Civil começa a investigar execução de adolescente em Gravataí



A Delegacia de Homicídios de Gravataí começou a apurar o que motivou a execução do jovem Mathias Evangelista, de 17 anos, que foi executado a tiros em frente a uma boate, que fica na Av. Dorival Cândido Luz de Oliveira, próximo a parada 62, em Gravataí.

Um amigo de Mathias, identificado como Maurício Lopes Fonseca, de 18 anos, também ficou ferido mas conseguiu ser levado a tempo para o Hospital Dom João Becker. Ainda segundo a Polícia Civil, os dois jovens não tinham passagens pela polícia. Agora os Policias irão investigar a hipótese de que um desentendimento pode ter sido o motivo do crime.


Escreva um comentário

Ver todos os comentários  

Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Required fields marked as *