Polícia Civil busca identificar autores de atentado a tiros em Gravataí

Foto: Giro de Gravataí | Divulgação

A Delegacia de Homicídios de Gravataí já começa a pedir e analisar as imagens de câmeras de segurança de estabelecimentos comerciais próximos de onde, na madrugada da última quarta-feira (08), homens armados alvejaram o veículo de um albergado enquanto ele saia do presídio semi-aberto de Gravataí para ir trabalhar.

Conforme o levantamento preliminar feito pela investigação, Alexander Pinto Barbosa, de idade não informada, saiu por volta das 05h50 da manhã do presídio, aonde cumpre pena. Instantes depois um veículo se aproximou do carro de Alexsander e disparou por diversas vezes.

A vítima, que ficou ferida dentro do próprio carro, foi levada ao hospital no mesmo veículo, e deixado na porta de emergência do Becker. A Brigada Militar (BM), informou que Alexsander chegou a sem vida ao hospital. Ainda segundo a BM, o automóvel apresentava mais de 50 perfurações de balas.

A polícia busca agora identificar os autores e os motivos pelos quais a vítima foi alvejada. Ainda de acordo com a investigação, o veículo utilizado pelos atiradores já foi identificado. “Já conseguimos imagens das câmeras próximas que mostram dois atiradores saindo de um Fox branco. Enquanto eles disparavam, o veículo arrancou e esperou os executores um pouco mais a frente. Depois fugiram.”, informou.

Alexsander cumpria pena no Instituto Penal de Gravataí desde junho, quando saiu do regime fechado na penitenciária de Charqueadas. Testemunhas estão sendo ouvidas pela polícia. O caso segue sendo investigado.


Escreva um comentário

ver mais comentários