Opinião política: A prefeitura está mais disputada que o Gauchão | André Santos



André Santos – Giro de Gravataí   

Todo gaúcho apaixonado por futebol, sabe que o nosso campeonato regional é sempre vencido ou pelo Inter ou pelo Grêmio, e isso é simples de se entender, devido a história dos dois clubes da capital e sua força, dificilmente outros clubes conseguem fazer frente à dupla e levar a taça para longe da capital, não que isso já não tenha acontecido, porém é uma vez lá que outra. Assim é a política em Gravataí, que há exatos vinte anos temos num extremo Daniel Bordignon e no outro Marco Alba, fazendo da disputa pela prefeitura um GRE-NAL na cidade.

  Mas a disputa pela prefeitura de Gravataí já não pode ter mais o status de gauchão, talvez comparada a uma Libertadores, quem sabe, já que Anabel Lorenzi e Levi Melo desgrenalizaram a disputa e entrarão fortes no pleito eleitoral deste ano.

  Na eleição passada já foi de se perceber que a disputa pelo espaço municipal está cada vez mais concorrida, já que Anabel Lorenzi transformou seu status de “terceira opção” para “forte candidata” e chegou no dia da eleição com fortes chances de ganhar, perdendo por pouco mais de dez mil votos. Já esse ano, o médico Levi Melo sacramentou; Gravataí não é mais um gauchão e irá colocar seu nome na disputa para transformar o que há anos era uma simples disputa a dois, numa peleia parecida com aquelas de Libertadores da América.

  Como num mata-mata de Libertadores, garantir o resultado em casa é fundamental, mas também é importante ter gente no time que saiba jogar fora, tornando assim, a posição do candidato à vice em qualquer uma das chapas, uma das mais importantes na estratégia eleitoral de cada candidatura.

  Por isso não adianta ter um camisa 10, craque, cancheiro e experiente se o 9 não souber finalizar, e então só saberemos quem escalou melhor seu time, e seu vice, no decorrer do campeonato que é a campanha, e a final está marcada para o dia 02 de Outubro, as 17:00 em todos os cantos da cidade.

 

 

O texto é  pessoal de André Santos e não expressa a opinião do jornal.


Escreva um comentário

Ver todos os comentários  

Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Required fields marked as *