Operação Avante causou prejuízo para a bandidagem em Gravataí



Foi realizada desde o final da tarde da última quarta-feira (5), mais uma Operação Avante em Gravataí. A ação que já é conhecida no município, é planejada por indicadores de crescimento da criminalidade na região metropolitana. Assim é feito um levantamento mais específico para saber quais os horários e dias onde ocorrem os delitos. O efetivo de 44 policiais militares do Comando Regional de Policiamento Ostensivo da Serra realizou barreiras e ações de patrulha em diversos bairros.

Na Rua Tereza de Noronha, no bairro Águas Claras, um adolescente de 17 anos foi apreendido por tráfico de entorpecente. Com ele os policiais apreenderam 26 pedras de crack, 08 pinos de cocaína e R$ 916,00.

Por volta das 17h, na Rua Padre Chagas, bairro São Judas Tadeu, os policiais prenderam Tânia R.S, 42 anos, com antecedentes criminais por estupro e corrupção de menor, incêndio e furto simples. Contra ela, havia um mandado de prisão expedido pela Comarca de Gravataí.

As 19h, em um pequeno espaço comercial na Rua José do Patrocínio, bairro São Geraldo, foram apreendidas três máquinas Caça-Níquéis. Um homem foi detido no local e logo após assinar um termo circunstanciado foi liberado.

Próximo das 21h a BM prendeu na Rua Guilherme Schmidt, bairro Parque Olinda, um homem de 33 anos, identificado como Paulo A.S.S, com antecedentes criminais por estupro, furto qualificado, roubo a pedestre, porte ilegal de arma, posse de entorpecente, que estava foragido do Instituto Penal Padre Pio Buck desde agosto de 2014. Com ele, os policiais apreenderam uma motocicleta Honda CG 125 de cor verde, que estava com o motor de uma Honda Fan roubada no último dia 15 de julho em Viamão.


Escreva um comentário

ver mais comentários  

Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Required fields marked as *