Polícia

Motorista embriagado que matou casal em Gravataí é solto pela justiça

Publicado

-

Foto: Fusion do acusado ficou com a frente destruída. Foto: BM/Divulgação

O motorista Rafael Cândido Dias, preso na manhã do último sábado (10), após fugir de um acidente que matou duas pessoas na altura da parada 79 da ERS-020, foi solto e responderá em liberdade pelo crime, conforme o uma decisão do desembargador João Marques Tovo, plantonista do Tribunal de Justiça (TJ).

Conforme ele, a decisão foi firmada já que Rafael não tem antecedentes criminais e foi autuado na Delegacia de Pronto Atendimento pelo crime de homicídio culposo, quando não existe a intenção de matar. O habeas corpus foi pedido pelo advogado Luiz Fernando Rodrigues, defensor do acusado.

Ele informou que Rafael nunca havia se envolvido com crimes e não havia nenhum tipo de ocorrência contra ele. Rodrigues disse, ainda, que o motorista “é um cidadão que possui trabalho lícito, endereço fixo e família, não vendo a necessidade de prisão de seu cliente, conforme ele ao repórter Vitor Rosa.

O caso

Rafael dirigia em alta velocidade seu veículo, um Ford/Fusion, quando colidiu de frente com o veículo Fiat Uno, do casal Paulo Roberto Ferreira da Silva, 47, que estava dirigindo, e Janete Souza Scherer, 54. O acusado tentou fugir do local, mas policiais que chegaram para atender a ocorrência conseguiram capturá-lo, há metros do acidente. Ele estava com visíveis sinais de embriaguez, conforme o registro de ocorrência, e no momento foi preso em flagrante.

Publicidade
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias