Momento do amador: Nova realidade no futebol de várzea



CRUZEIRO E PALMEIRAS-ACESSO (1)

Herculano Spadaro – Giro de Gravataí

Em épocas de “carestia financeira” as mudanças se fazem mister e o equacionamento é através da criatividade! Já havia alertado no início de 2017 sobre o nevoeiro econômico que pairava sobre futebol amador de Cachoeirinha.

Esta realidade também afetará o município de Gravataí. Ainda não se objetivou em razão de estar pendente de quem será o(a) mandatário(a) do executivo. As entidades desportivas, bem como os seus filiados terão que encontrarem alternativas para se auto sustentarem sob pena de extinção.

Diante desta nova realidade procurei o vice-presidente da Liga Municipal de Desportos (Limudes), o sr. Roberto Azad onde questionei sobre este momento de transição, que abaixo transcrevo:

Herculano Spadaro: Roberto como foi o encontro com o sr. prefeito Miki Breier realizado na quarta-feira (08)?

Roberto Azad: falamos com ele e o Miki explicou que a prioridade neste momento é com a folha de pagamento e o INSS, entre outras. Mas nos disse que vai ter futebol, mas com valores menores e o resto que faltar os clubes teriam que achar uma forma para completar;

Herculano Spadaro: O sr. prefeito chegou aventar de qual será à importância?

Roberto Azad: Não disse. Mas disse que não quer acabar com o futebol;

Herculano Spadaro: E com relação ao valor que não foi repassado do ano de 2016, que seria em torno de R$ 30.000,00, a prefeitura pagará?

Roberto Azad: Olha o Miki autorizou. O pagamento de uma parcela de 10 mil de imediato e ficam mais duas de 10 mil, estas duas ele não deu prazo de quando serão pagas. O que sei era pra ter sido depositado na sexta-feira, dia 10. Não falei ainda com o Dr., mas se não depositaram, farão isto segunda-feira, dia 13, acho que o dialogo e a melhor forma de resolver as coisas;

Roberto Azad disse mais: Que à LIMUDES sempre foi parceira da prefeitura nestes 16 anos, não seria agora que o prefeito esta com dificuldades é que vamos virar as costas para eles. Juntos nas horas boas e principalmente nas ruis vamos em frente tudo tem solução.

Herculano Spadaro: Mas já chegaram a procurar parceiros que venham a contribuir financeiramente?

Roberto Azad: Primeiro temos que saber o que a prefeitura vai liberar. Ai vai ter-se uma ideia o que se pode fazer.

Herculano Spadaro: O sr. prefeito deu uma data que informará o quanto irá fornecer?

Roberto Azad: Falei hoje com a secretaria a Patricia e com o diretor de esporte passei tudo para eles que terão uma reunião com o Miki e saber qual o valor que vai ser destinado ao futebol. Irão nos chamar para nos informar. Quando teremos uma ideia o que se pode fazer.

Herculano Spadaro: Como se dará a participação financeira dos clubes?

Roberto Azad: Herculano, tu sabes das dificuldades dos clubes, nos teremos que achar formas em que os clubes possam ajudar. Poderemos transformar os campeonatos em torneios, que são mais curtos e com menos custos. Temos que sentar e chegar até onde se pode chegar.

A carestia financeira também “atingiu mortalmente” o time de futsal da Afusca. Inviabilizou sua participação na série prata do campeonato gaúcho. O presidente Nelson Bavier já comunicou oficialmente à Federação Gaúcha de Futsal à desistência! Em caso de retornando  implicará na disputa da série bronze, ou seja um rebaixamento.

sssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssss


Escreva um comentário

Ver todos os comentários  

Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Required fields marked as *