Polícia

Megaoperação prende líder de quadrilha de abigeato em Gravataí

Publicado

-

Polícia Civil acredita ter encontrado a maior quadrilha de Abigeato do Rio Grande do Sul. Foto: Polícia Civil/Divulgação

Uma megaoperação envolvendo 80 policiais e oito fiscais agropecuários passou por Gravataí e prendeu oito pessoas suspeitas de participar do que a Polícia Civil acredite ser a maior e mais bem organizada quadrilha de abigeato em atividade no Rio Grande Sul. A ação foi fruto de três meses da investigações realizados pela Delegacia Especializada na Repressão aos Crimes Rurais e Abigeato de Bagé.

A Operação recebeu o nome de “Regresso”, já que a organização criminosa utilizava caminhões para furtar uma quantidade grande de gado de uma só vez, prática que era considera extinta no estado. As primeiras informações dão conta que o grupo atuava na Serra e no Litoral, sendo responsáveis pelo furto de mais de 300 animais, apenas em 2019.

O gado era carregado para confinamentos na Região Metropolitana, um deles, em Gravataí, propriedade de um dos suspeitos de integrar a quadrilha. Com as informações e após coletar provas, o delegado André de Matos Mendes, coordenador da Força Tarefa das DECRABs e titular da Decrab de Bagé, fez a representação pedindo sete prisões preventivas e doze mandos de busca e apreensão, que foram atendidos pela Justiça.

Foram realizadas buscas em Gravataí, Caxias do Sul, Viamão e Minas do Leão. De acordo com a Polícia Civil, um dos envolvidos no esquema criminoso procurou um deputado estadual pedindo apoio político para frustrar o trabalho dos policiais e fiscais agropecuários.

Além dos presos, durante as investigações, foram apreendidos 186 animais sem procedência. Também foram apreendidos veículos da quadrilha dentre eles, dois caminhões boiadeiros e aproximadamente 150 kg de carne sem procedência.

 

Publicidade
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias