Gravataí: Caso Acimar Silva segue cercado de dúvidas



Foi no dia 15 de julho, quando amigos, parentes e colegas de serviço receberam a triste notícia. O então Secretário de Agricultura do Município, Acimar Silva, havia sido ferido e morto após uma tentativa de assalto em sua casa no bairro Sítio Gaúcho, em Gravataí.

VELORIO-ACIMAR-2

Amigos, parentes, colegas e autoridades prestaram as últimas homenagens na manhã chuvosa do dia 16 de julho. Foto: Chico Pereira

 

O crime, foi muito bem articulado, onde os criminosos forjaram uma entrega, quando um dos bandidos, vestido de carteiro entrou na residência e entregou uma caixa vazia para o ex-prefeito, que tentou reagir e foi baleado e morto por um dos criminosos.

 

A morte do ex-prefeito, chocou a todos no município e levantou diversos rumores, sobre o motivo e quem seria o autor do suposto latrocínio (Roubo seguido de morte).

 

 

O primeiro suspeito…
Depois de uma intensa investigação que durou aproximadamente 90 dias, policias da 1ª Delegacia de Polícia (DP), prenderam o primeiro suspeito, que teria participado da morte do Ex prefeito. O homem de 30 anos havia sido preso por outro crime, mas os policias desconfiavam que ele teria participado da morte de Acimar. Na época, conforme o delegado, o homem tinha diversas passagens na polícia,e havia sido preso após uma tentativa de assalto mal sucedida, em Porto Alegre. Mais tarde a Polícia Civil confirmaria que o homem preso, era o criminoso com as vestimentas de carteiro.

DSC03477

Pouco tempo depois da morte de Acimar, o IGP divulgou o retrato falado dos criminosos.

A investigação já dura 8 meses e segundo o Delegado Alencar Carraro, está sendo usado os melhores recursos possíveis para conseguir encontrar todos os responsáveis pela morte do Acimar. Diversas pessoas já prestaram depoimentos, alguns muito contraditórios, o que levantou a suspeita dos agentes.

 

A equipe responsável pelo caso, garante que a principal linha de investigação é o latrocínio, após ser estudada a hipótese de que o crime teria sido encomendado. A suspeita dos agentes é de que ao todo 6 pessoas estão envolvidas, diretamente ou indiretamente na morte do Ex Prefeito. Nas próximas semanas, a equipe que trabalham no caso, devem entregar um parecer sobre o andamento das investigações.


Escreva um comentário

Ver todos os comentários  

Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Required fields marked as *