Foragido é preso em Gravataí com mecha de cabelo de suposta vítima de estupro

sssssssssssssssssssssssssssssssssddddddddddddddddddddddddddddddddddddddddddddddddddddd

Gabriel Siota Ganzer – Giro de Gravataí 

Era para ser apenas mais uma prisão rotineira feita por policias do Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM), porém o que se revelou na Delegacia de Pronto Atendimento de Gravataí foi algo um tanto quando perturbador. Não foi a moto roubada ou então a arma usada pelo criminoso, mas o que realmente despertou a curiosidade dos policias foi uma mecha de cabelo encontrada na mochila do homem.

A prisão

Após desconfiarem da atitude do condutor de uma motocicleta, policias rodoviários haviam feito o acompanhamento do homem por pelo menos sete quilometro. No km 22 da ERS-118 já próximos da divisa com o município de Alvorada, o condutor parou a motocicleta e foi constatado que ele estava foragido do sistema prisional. Além disso, a moto estava em situação de furto/roubo. Na mochila estavam os quase 30cm de cabelo que o acusado não soube explicar a origem e porque estava transportando aquilo. Ele foi conduzido para os registros na DPPA, onde se deu a história por completo.

O cabelo e a suposta vítima

Já na delegacia, os plantonistas receberam uma ligação da Polícia Civil de Viamão informando que uma denúncia de cárcere privado havia chegado envolvendo o criminoso. Conforme os policias, a vítima relatou ter sido abusada sexualmente e mantida em cárcere privado por pelo menos duas semanas até conseguir fugir. O criminoso que tem uma extensa ficha criminal negou ter cometido os crimes relatados pela vítima. A mesma fará os exames para confirmar o estupro. O criminoso foi preso em flagrante pelos crimes de roubo e porte ilegal de arma.

sssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssss

 


Escreva um comentário

ver mais comentários  

Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Campos obrigatórios marcados como *