Felipe Jardim | O adeus de Volmir Martins

Foto: Divulgação | Reprodução

Volmir, tu nasceu como nasce um potro no fundo de um corredor!

Tu sempre trouxeste o Rio Grande estampado em teu jeito de ser em todas as vezes que pisou pelos palcos deste sul brasileiro!

Tu tiveste um dom que poucos têm: ser “taura” e “versejador”.

A garganta fora sempre um “estouro” e a ideia, o pensamento, um privilégio de Deus, pois tinha o dom do improviso que lhe rendeu mais de quinhentos troféus pelos rodeios da vida.

A alegria que transmitia aos fãs nas tuas composições, na forma de cantar e nas palavras usadas, no jeito irreverente de “dançar” em cima do palco, serão eternas lembranças daqueles que tiveram a honra de poder assistir um show teu!

A vida é mesmo engraçada!…

Um ser humano que tinha ainda uma longa trajetória para representar nossa cultura por estas terras, finda sua carreira em uma volta de estrada, em um acidente de carro, na tua “van”, em que tu mesmo dirigias…

Talvez o cansaço de um trabalho árduo que sempre te dedicou a fazer, talvez a pressa de chegar em casa para rever tua família, talvez o destino somente, foi o que fizeram tu partir assim, de repente…

A notícia de que “um cantor tradicionalista é vítima de um acidente de carro” nos faz reviver os dias de quando nosso grande artista Sidnei Lima ou do inesquecível José Mendes, também se foram em acidentes de carro quando retornavam de seus shows.

Bueno, não tem porque eu me estender mais. A tua obra fala por si. Tu nunca precisaste de ninguém para te fazer grande com elogios, afinal de contas, Deus te deu o presente de nestes 48 anos ser a estampa deste Estado e da tua Venâncio Aires.

As lágrimas anuviam os olhos deste que escreve.

Obrigado Volmir Martins! Obrigado pela tua obra! Obrigado por ser um defensor da cultura deste pago! Obrigado por ser gaúcho!

Que o nosso Patrão do Céu te receba de braços abertos!

Teus fãs te pedem só uma única coisa: daí de cima brada o teu “Ataca as égua, Salvador!” que daqui, da terra, retribuiremos com nossa salva de palmas!…


Escreva um comentário

ver mais comentários  

Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Campos obrigatórios marcados como *