Execução filmada: polícia prende dois pela participação no duplo homicídio no Xará

A Brigada Militar (BM) de Gravataí prendeu na madrugada do último domingo (10), um jovem acusado e indiciado pela morte de dois primos, ocorrida no último dia (28), em Gravataí. Conforme a BM, policiais da Patrulha Rural foram até o loteamento Xará, local da execução, para um patrulhamento de rotina, quando foram recebidos a tiros.

Após o ataque, Everton de Brito, foi preso em flagrante, quando um outro criminoso que teria atirado contra os “tiras” conseguiu fugir. Ele seria responsável pelo vídeo que havia sido gravado momentos antes dos dois primos serem executados, enterrados em uma cova, e logo após terem seus corpos queimados.

Para fechar o inquérito do duplo homicídio, a Delegacia de Homicídios de Gravataí busca prender o segundo acusado. Moisés Uilian da Silva Silveira aparece nas imagens, gravadas por Everton, ostentando armas e citando a facção criminosa na qual pertencia. No entanto, na tarde deste mesmo domingo (10), os agentes da Polícia Civil foram às ruas e prenderam um terceiro suspeito.

Um menor, detido para averiguação, confessou aos policiais a participação na morte de Vagner Rosa da Rosa e Victor Mateus da Rosa. Após o depoimento, a polícia pediu a internação do adolescente. Ele será encaminhado à FASE. Conforme o delegado Felipe Borba, diligências seguem sendo feitas para colocar todos os envolvidos atrás das grades e encerrar o caso.


Escreva um comentário

ver mais comentários  

Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Campos obrigatórios marcados como *