Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Exclusivo | O que se sabe até agora sobre o homem preso após suposta tentativa de sequestro de criança

A polícia apura, e não abre informações do inquérito para não atrapalhar as investigações sobre as supostas tentativas de sequestro de crianças na cidade. O último caso, na Morada do Vale, tomou conta das redes sociais, e o vídeo do homem, já rendido por populares, viralizou em páginas do Facebook e grupos de Whatsapp. “Todo mundo parava para bater nele, eles vinham, perguntavam, e quando sabiam o que ele havia feito, batiam”, contou a jovem na delegacia, que é parente da menor na qual o homem teve o contato.

Identificado como Matheus Veiga Machado, natural da cidade de Sobradinho, na região central da Serra, há pelo menos dois dias ele passou por um estabelecimento comercial no Centro de Gravataí, oferecendo seus serviços de panfletagem. Ele foi contratado para dois dias de serviço, completando na tarde de ontem (10) o combinado com o pagador.

Ao ficar sabendo do acontecido, o empresário foi para a delegacia, afim de esclarecer que o homem estaria sendo pagado apenas pelo serviço, e que não seria seu funcionário. “Eu contratei ele por dois dias, paguei no primeiro, e paguei a manhã dele. Quando pegaram ele, ligaram para mim por causa do meu material que ele deveria estar entregando. Vim pra esclarecer, estou chocado com isso”, contou o empresário que se apresentou para colaborar com a família e a polícia na delegacia.

A dinâmica contada por familiares

Em meio as chamadas para os depoimentos, a prima da jovem relatou que o homem estava parado na esquina juntamente com um segundo suspeito. Neste momento as crianças brincavam em frente a residência. Matheus teria se aproximado da menina de dois anos – que estava no colo de uma outra menor. Foi quando segundo eles, o homem pegou a menina no colo, deixando sua parte íntima a mostra. Ainda segurando ela, Matheus teria tentado se afastar com a menor em seus braços, mas foi quando houve o início da confusão.

Um primo da menina viu a cena e correu para pegar o acusado. O homem que estaria com ele na esquina, fugiu do local. Foi entando que ele foi detido pelos familiares e vizinhos. A Brigada Militar (BM) foi acionada e encaminhou o Matheus para a delegacia.

Rescindente no crime 

Foi durante um serviço na cidade de Venâncio Aires que Matheus mostrou o órgão genital para a funcionária da empresa na qual ele prestava serviços. Na época, ele precisou sair da cidade, após ser jurado de morte por parentes da vítima. “Ele sempre foi problemático, desde menor infrator. Foi pego aqui na cidade andando de moto sem habilitação, essa é a única passagem dele. Tentamos por várias vezes resgatar, levar para igreja. Ele chegou a mudar, parecia outra pessoa, mas depois se desviou”, contou um homem que entrou em contato com o Giro de Gravataí, assutado com a repercussão do caso, já que na cidade todos o conheciam, contou ele.

A Polícia Civil confirmou que Matheus possuia apenas uma passagem por dirigir sem habilitação. Após mais de três horas de depoimentos e coleta de informações, o delegado plantonista descartou a possibilidade de tentativa de sequestro, mas lavrou o flagrante contra ele por estupro de vulnerável. Matheus ficou preso, e aguarda agora vaga no sistema prisional.

A Polícia agora busca saber se Matheus participou de algum caso envolvendo o sequestro de crianças em Gravataí. A Brigada Militar (BM) informou que buscas foram feitas no momento da prisão de Matheus para tentar capturar o homem que estaria acompanhando ele, mas até o fechamento desta matéria ninguém havia sido preso ou detido suspeito da participação. O caso segue sendo investigado.

Write a Comment

view all comments