Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Destaque Home

Exclusivo | Frota renovada e novos policiais em Gravataí; o ano de 2019 para a BM

Publicado

-

Em novembro de 2018, o balanço que chegou na mesa do tenente coronel Paulo Cesar Balardin, responsável pela Brigada Militar (BM) de Gravataí mostrava a diminuição de quatro índices de criminalidade, que em um deles, o dos homicídios, chegou a colocar Gravataí na lista vermelha do RS. Com reforço no policiamento e ações estratégicas do governo municipal e do estado, Gravataí vive hoje uma outra fase e projeta um ano ainda mais seguro para os moradores.

No balanço divulgado na última semana, a BM de Gravataí foi responsável por 1015 prisões, 150 recapturas de foragidos, 285 recuperações de veículos e 130k em apreensões de drogas. Para Balardin, os índices não podem ser comemorados, mas se diz satisfeito com os apontamentos positivos para a segurança pública na cidade.

“Não podemos comemorar esses índices porque foram crimes, mas ficamos felizes em ver que estamos atuantes na cidade. O número de prisões é significativo, embora muitos deles são soltos dias depois. É um trabalho árduo, e que vamos intensificar ainda mais a neste ano”, contou.

Os investimentos

Na última semana de 2018 o tenente coronel recebeu do Governo do Estado mais recursos para o policiamento de Gravataí e trouxe noticias boas da Capital. Uma Toyota Hilux e duas motocicletas foram entregues pelo ex-governador Sartori. A caminhonete já está atuando, e está empregada na zona rural da cidade.

“O recebimento desta viatura e das duas motocicletas vem para reforçar a quantidade, mas também a qualidade. Na medida em que vamos recebendo novas viaturas vamos repassando as que dependem muito de manutenção e que tem pouca capacidade de atuação.

Temos uma ótima notícia também que é a chegada de cerca de 20 novos policiais que ficarão em Gravataí. Logo que começarem a fase de estágios eles já vem para a cidade e iniciam o patrulhamento a pé em zonas de menor risco. Isso ocorre para que tenham conhecimento da área. Depois disso eles vão para o patrulhamento normal. É um reforço importante para Gravataí”, destacou Balardim.

“Só no Brasil que se prende o mesmo criminoso várias vezes”

Balardin também não economiza palavras e vai para o confronto em assuntos delicados. Conforme ele, a legislação deverá ser revisada para da maior sustentação ao serviço policial. “Esperamos ter uma maior sustentação nas nossa ações. O país tem que criar mecanismos para que não haja um retrabalho da Brigada. É só a qui no Brasil que se prende o criminoso por cinco, dez vezes. Se realmente a justiça mantivesse todos presos, como deveria ser, as ruas estariam limpas”, frisou o comandante.  

Um outro ponto que Balardin defendeu foi a revisão do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), ao ser perguntado sobre os índices de menores de idade no mundo do crime. “Tem sim que haver a redução da maioridade penal. Eles podem votar aos 16 anos, mas não podem ser presos. Podem casar aos 16 anos, mas não podem ser presos. Isso não existe! Com essa revisão da maioridade, com a revisão das transgressões de pena, podemos parar de enxugar gelo e realmente colocar a segurança pública em ordem no Brasil”, finalizou o tenente coronel.

Conforme apurou o Giro de Gravataí, o município deverá receber até o primeiro trimestre de 2019 mais duas viaturas para a Brigada Militar (BM). Além disso o repasse de novos armamentos deverá ser entregue no final de fevereiro.

Publicidade
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias