Política

Ex-vereador de Gravataí é afastado da Secretaria da Saúde de Viamão por suspeita de irregularidades em licitações

Publicado

-

Carlito foi vereador e secretário nas pastas da Fazenda e da Saúde de Gravataí. Foto: Divulgação

A Justiça determinou o afastamento do ex-vereador de Gravataí, Carlito Nicolait da Secretaria da Saúde de Viamão por 180 dias. Junto com ele, também foram afastados o Prefeito da cidade, André Pacheco, outros quatro secretários e um vereador.

Uma investigação do Ministério Público apontou o possível envolvimento do prefeito e dos demais afastados em irregularidades em contratos de prestação de serviços em Viamão. Na área da Saúde, pasta de Carlito, a suspeita é em relação ao contrato para a implantação do sistema de informática. O MP investiga possíveis manobras para favorecer uma empresa no processo de licitação, o que fez com que o pregão fosse suspenso ainda em 2019.

O Tribunal de Contas do Estado aponta também indícios de irregularidades nas contratações de dois institutos para a gestão da Unidade de Pronto Atendimento, entre elas a quarteirização de serviços, pagamentos em duplicidade e conhecimentos prévios das disputas pelos contratos.

Com o afastamento por 180 dias, Carlito, o prefeito e os outros secretários  ficam proibidos de entrar no prédio da prefeitura e de manter conversas entre si ou com testemunhas do processo.

Em 2008, Carlito Nicolait foi eleito vereador com a maior votação da história de Gravataí, 5.002 votos. Nas eleições seguintes, ninguém conseguiu superar esta marca. Ele também foi Secretário da Fazenda no governo Bordignon e da Saúde no governo Stasinski. Já em junho de 2019, o político assumiu como secretário da Saúde de Viamão.

O Giro de Gravataí tentou contato com Carlito, mas até a publicação desta reportagem, não obtivemos retorno.

 

 

 

Publicidade
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *