Geral

Esperada há mais de três décadas, duplicação das pontes do Parque é inaugurada em Gravataí

Publicado

-

Prefeito Marco Alba puxando o trânsito. Foto: Giro de Gravataí/Especial

A tarde desta sexta-feira, dia primeiro de novembro de 2019, entrou para história de Gravataí. Com a presença de centenas de populares, vereadores, empresários e demais autoridades, o prefeito Marco Alba inaugurou a histórica duplicação das pontes do Parque dos Anjos. O ato solene marcou, não só o início do tráfego, mas também uma nova era para o desenvolvimento econômico da região leste do município.

O presidente da Câmara Municipal de Gravataí e morador do Parque dos Anjos, Clebes Mendes, foi o primeiro a discursar sobre a obra esperada há mais de 30 anos na cidade. Em sua fala, ele saudou os funcionários que se dedicaram para a construção. Clebes também foi enfático ao lembrar sobre os vereadores da base do governo como os pilares para as ações desenvolvidas no município destacando, por fim, o prefeito Marco Alba como o melhor gestor da história da cidade, recebendo aplausos dos que participavam do ato.

Foto: Giro de Gravataí/Especial

Na memória de Acimar

Filho do ex-prefeito Acimar Silva, o engenheiro e secretário de Mobilidade Urbana de Gravataí, Alison Silva emocionou a todos com seu discurso, memorando a luta de seu pai pelo desenvolvimento da região do Parque. “Foram anos de muito trabalho, e hoje estamos colhendo frutos. Essa com toda a certeza é a maior obra de mobilidade urbana da história de Gravataí. Deus quis que fosse eu, e hoje estou aqui para lembrar a memória daqueles que nos deixaram.”, disse Alison, pedindo desculpas, emocionado.

Em meio a cerimônia, Marco Alba entregou uma placa de agradecimento ao fotógrafo Luiz Antonio Fonseca Soares, pelos registros fotográficos feitos, de forma voluntária por ele, de toda a construção das pontes do Parque.

Um Marco na história

O prefeito Marco Alba começou sua fala agradecendo a presença de todos que estavam no ato. Em seguida ele lembrou do trabalho incansável dos funcionários da empresa Ecovilla, responsável pela execução da obra. Em um dos trechos, ele fez questão de lembrar também a importância de uma boa gestão para o desenvolvimento da cidade. “O processo hoje não é só criticar por criticar. Temos que colocar a cara, organizar as coisas, mudar as leis que privilegiam uma meia dúzia enquanto a população em geral sofre. Essa é a visão do bom gestor. O interesse público tem que vir acima de qualquer coisa e essa obra representa isso”, destacou ele.

Foto: Giro de Gravataí/Especial

Marco continuou, e falou da alegria da comunidade e o respeito que tem pelo município com a obra de duplicação. “Esse é um legado para ser deixado aos nossos filhos, netos, a todos aqueles que nos votaram confiança. Hoje é um dia de alegria para toda a comunidade. A região está em festa e se sente valorizada com estas obras que estamos fazendo. Eu me sinto agraciado de ter sido o prefeito que fez a duplicação. Deus me deu essa graça. Essa é a política de resultados, a política limpa, boa de fazer. Estou feliz pela comunidade e por estar neste processo de desenvolvimento”, disse.

Encerrando o ato solene, Marco aproveitou para destacar os investimentos que fez como gestor na área da educação do município, com os uniformes escolares para mais de 30 mil alunos e a abertura de novas escolas municipais de ensino. Ele também falou do desenvolvimento e a nova era que a cidade vive, destacando a vinda de ‘gigantes’ à Gravataí, que se torna atrativa para investidores do mundo inteiro.

Dois carros da GM, produzidos em Gravataí, foram os primeiros a trafegar pelas pontes duplicadas. Foto: Giro de Gravataí/Especial

A abertura oficial das pontes ocorreu por volta das 06h45. Acompanhado da primeira-dama, Patrícia Bazotti Alba e demais vereadores e secretários, ele caminhou pela extensão das duas pontes até os veículos que aguardavam para fazer o percurso. Dois Onix, produzidos em Gravataí, em um ato simbólico, foram os primeiros a passar, seguido de outros carros. Na volta, o prefeito ‘puxou’o trânsito para o sentido bairro/centro. Cerca de 40 minutos depois, o prefeito inaugurou também a rótula do Aldeião e fez o ato simbólico de entrega da iluminação no entorno.

Mais

A duplicação das pontes foi concluída 15 dias antes do prazo final de execução e foi financiada através de um empréstimo entre o município e o Banco do Brasil. Diariamente, cerca de 40 mil veículos passam pelo trecho, que agora conta como duplicação de 248 metros, com duas pontes sobre os arroios Passo dos Ferreiros e Demétrio. A obra teve o custo de R$ 6,2 milhões – R$ 4,8 para as pontes, R$ 1 milhão para a readequação da rótula do Aldeião e R$ 300 mil para a iluminação.

 

Publicidade
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias