Domingo em Gravataí teve Sol e Gauchão

16299503_1536239436401414_1952256135891281081_n

Herculano Spadaro – Giro de Gravataí

Neste último domingo (29) os que se encontravam na cidade, tiveram uma opção de assistir uma partida de futebol pelo Gauchão! Quem protagonizou esta possibilidade foi o E. C. Cruzeiro, pois enquanto não conclui seu estádio em Cachoeirinha, tem como sua “casa” o Antônio Vieira Ramos (Vieirão). O confronto foi o clássico Ze-Cruz. E os que foram assistir, creio que não saíram frustrados, pois mesmo que tenha ocorrido um empate sem gols, não faltou emoção e combatividade pelos atletas que participaram do jogo.

Logo ao início da partida, quarenta e cinco segundos, o Cruzeiro já dava mostras que queria à vitória. Porém, o São José deu a resposta logo em seguida, ficando claro que buscava os três pontos. No desenho tático, ambos aplicaram o mesmo sistema de jogo (4-4-2). Escrevi na semana o que poderia pender em favor ao Zeca seria o quesito entrosamento. Isto não ocorreu, e as jogadas ensaiadas pelo técnico Ben Hur Pereira foram aplicadas na partida.

As melhores oportunidades quem teve foi o Estrelado, a primeira através de Thiago Alagoano aos 29’ da etapa inicial, e quando à torcida que esteve no Vieirão em bom número iria comemorar o gol, apareceu o zagueiro Wagner e evitou a abertura do placar. A segunda chance de gol, aos 5’ da segunda etapa, foi através de um pênalti cobrado por Thiago Alagoense, porém, quem estava na goleira era Fábio Rampi especialista em defender pênaltis evitando assim à vitória do Cruzeiro.

Houve um lance nebuloso em favor do Zequinha, ou seja um pênalti, porém, o árbitro auxiliar já tinha anulado a jogada. O clássico foi “peleado”, muito equilibrado e próximo ao término do jogo os jogadores davam mostras de cansaço, normal em início de temporada, motivos que geraram o empate sem gols.

Após o jogo em conversa com o Ben Hur Pereira, o mesmo disse que apesar do empate havia do desempenho do time! Próximo jogo do Cruzeiro será contra o Brasil de Pelotas, dia 05/02 (domingo) às 18hs. no Estádio Bento Freitas.

Ficha técnica:

E. C. CRUZEIRO: Giovani, John Lennon, Wladimir, Dão e Sander, Ben Hur, Reinaldo, Ronaldo (Matheus) e William Koslowski (Netinho), Thiago Alagoano e Lucão (Tawan). Técnico: Ben Hur Pereira

E. C. SÃO JOSÉ: Fábio, Bindé, Claudinho, Wagner e Dudu Mandai, Rafael Carrilho (Carlos), Felipe Guedes, Clayton (Cláudio Maradona) e Rafinha (Rodriguinho), Jô e Paulinho. Técnico: China Balbino

ARBITRAGEM: Marcelo Cavalheiro, Rafael da Silva Alves e Maurício Coelho Silva Penna.

sssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssss


Escreva um comentário

ver mais comentários  

Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Campos obrigatórios marcados como *