Disputa entre facções cria clima de guerra no bairro São Jerônimo



Cápsulas-de-fuzil-556-encontradas-em-Leopoldina-MG (1)

As guerras entre facções por pontos de tráfico de drogas tem se tornado rotina em cidades da região metropolitana, especialmente em Gravataí. O município é diariamente palco de disputas sangrentas pelo poder.

Na noite desta última sexta-feira (17), pela segunda vez em menos de três dias, criminosos fortemente armados em pelo menos dois veículos passaram pela Rua Tarumã no bairro São Jerônimo e obrigaram moradores a se recolherem para suas casas. Em seguida efetuaram diversos disparos contra uma residência que seria um ponto de venda de drogas.

De acordo com moradores, pelo menos cinquenta disparos foram ouvidos. Entre os gritos, os criminosos citavam o nome da facção na qual pertenciam. Embora tenha se ouvido rajadas de tiros, nenhuma pessoa ficou ferida na ação dos criminosos.

População acuada

“Ouvimos diversas sequencias de tiros, eles passam de carro pela rua e gritam que é pra ficar dentro de suas casas, e logo em seguida os disparos. Eles gritam o nome da facção deles e dizem que vão matar “os contra”.

Esse foi um dos relatos de uma moradora sobre a rotina na qual está vivendo. Segundo ela, os confrontos estão cada vez mais frequentes no bairro e os moradores são obrigados a ficarem presos em suas casas.

Outros confrontos já deixaram os populares em alerta

Era madrugada da última quinta-feira (16), quando moradores da mesma localidade foram acordados com diversos tiros de diferentes calibres. No chamado “Beco da Kaiser”, criminosos trocavam tiros pela disputa de um conhecido ponto de drogas.

Na rua onde aconteceu o confronto, a Brigada Militar (BM) recolheu mais de 100 cápsulas deflagradas. Foram localizados projéteis de pistola .40 e 9mm além de diversas balas de Fuzil 5.56.

faixa


Escreva um comentário

Ver todos os comentários  

Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Required fields marked as *