Direção do CAC nega venda do clube e torcida Ceramaquina se manifesta



O Cerâmica Atlético Clube, que um dia já esteve na elite do futebol gaúcho e já chegou a disputar a Copa do Brasil, vive momentos de indefinição, onde rumores apontariam que o clube poderia ser vendido, devido à dívida com um dos membros da direção.

Se por um lado corre boatos da negociação do CAC, ainda existe uma torcida que acredita na reestruturação do clube. A torcida Ceramaquina se fez presente na tarde do ultimo sábado (16), no estacionamento do clube. Cerca de 60 pessoas compareceram ao ensaio, que segundo a organização da torcida, foi uma forma de chamar a atenção de investidores para ajudar no retorno do clube aos gramados.

Eduardo Noronha, um dos coordenadores da banda, ressaltou que os torcedores seguirão apoiando o Cerâmica e lutando da sua forma pela volta do futebol profissional, buscando fortalecer não só a união da  torcida mas também suas parcerias e o sentimento de paixão e respeito pelo time do município.

Acreditamos que para o clube voltar representar a cidade no futebol profissional, muitas mudanças precisam acontecer internamente no clube. Primeiro, se tornar mais acessível à imprensa local e ao publico em geral. O time precisa de pessoas que corram atrás de apoiadores, investidores e aceitar receber e conversar com pessoas interessadas que tentam apresentar projetos para o clube, dessa forma conseguiríamos mais pessoas que entrassem para dentro da realidade do clube.  Dessa forma conseguiríamos formar um conselho que realmente se envolva e se comprometa com as atividades do clube, fazer um clube com pessoas e para as pessoas da cidade e não de decisões monopolizadas. A partir disso muitas oportunidades e apoiadores surgiriam para investir e fortalecer o clube da Aldeia.” Finalizou.

Nossa equipe entrou em contato com a direção do clube, que através de um e-mail informou que a venda do Cerâmica seria apenas boatos que correm pelo município e que o CAC está em plena atividade junto à escola de futebol.


Escreva um comentário

Ver todos os comentários  

Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Required fields marked as *