Cruzeiro empata em casa contra o São Paulo pelo Gauchão



C4f1LrqWYAEjwLY

Herculano Spadaro – Giro de Gravataí

O Cruzeiro não repetiu as jornadas anteriores. Teve problemas no setor defensivo e o sistema de meio campo não armou as jogadas que gerassem possibilidades aos atacantes fazerem gols, bem como não souberam se desvencilhar da forte marcação exercida pelo São Paulo. Faltou velocidade também.

O setor mais vulnerável foi quando dos avanços do ala John Lennon ficava o setor descoberto e por ali o Leão do Parque construiu suas jogadas mais agudas desestabilizando o sistema defensivo.

Desta forma foi que o time de Rio Grande abriu o placar aos 26’ do tempo inicial, através de um pênalti cometido por Dão. Fidélis cobrou com perfeição. No segundo tempo o técnico Ben Hur Pereira organizou melhor o time e designando em especial o Reinaldo a realizar cobertura na lateral direita, com esta medida a defesa ficou mais coesa.

Aos 7’ da etapa complementar o estrelado empatou a partida em um belo chute de Thiago Alagoano. Havia possibilidade de virar o placar, mas o São Paulo se fechou mais com a expulsão de Adriano Lara. O John Lennon já extenuado não realizou com tanta frequência suas investidas, tentou pelo lado esquerdo com incursões através de Mateus e Sander, abrir a defesa riograndina, porém, sem êxito.

Ben Hur Pereira colocou mais um atacante o Luiz Carlos retirando um meio campista, creio que errou, pois ai o setor de criação que não se via bem, desapareceu. O resultado se tornou justo pelos que as duas equipes apresentaram. Novamente tivemos um bom público no Vieirão.

O Cruzeiro jogou com: Giovani, John Lennon, Dão, Vladimir e Sander, Ben-Hur, Reinaldo, Lucas Martins (Matheus), Willian Koslowiscy (Luiz Carlos), Thiago Alagoano e Lucão.

Foto: João Pedro/SCSPRG

sssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssss


Escreva um comentário

Ver todos os comentários  

Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Required fields marked as *