Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Composto químico do ‘slime’ pode causar intoxicação, alerta Anvisa

Foto: Sesc/Divulgação/Campanha

Na última semana, uma mãe publicou em rede social a internação de sua filha, suspeita de intoxicação ao brincar com o slime – uma espécie de massa colorida com aspecto grudento, feito em casa. No mesmo dia, diversas análises foram feitas para saber se ela havia adoecido por conta do material.  A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) investigou e emitiu uma nota sobre um composto utilizado para a fabricação, e que pode ocasionar a intoxicação de crianças.

A Anvisa alerta que a substância bórax, também conhecida como borato de sódio, vem sendo utilizada e vendida de forma inadequada como ativador de slime. Tal uso não é regulamentado pela Agência e pode ser prejudicial para a saúde, especialmente de crianças.

Ainda conforme a reguladora, o bórax é um produto químico autorizado para diversas finalidades, como em fertilizantes, produtos de limpeza e até mesmo em medicamentos. Entretanto, se inalado ou ingerido, pode causar intoxicação. O uso inadequado do bórax pode provocar náuseas, vômitos, cólicas abdominais, diarreia com coloração azul/esverdeada, cianose (pele, unhas e lábios azulados ou acinzentados) e queda de pressão, perda da consciência e choque cardiovascular.

Em 2002, a Anvisa proibiu um brinquedo chamado “Meleca Louca” por causa da presença do bórax. Por isso, seu uso deve ser restrito para as finalidades autorizadas e nas doses recomendadas pelas autoridades competentes. Por se tratar de um produto químico, não deve ser manipulado por crianças.

Os cuidados

Não provoque vômito.

Não ingira água, leite ou qualquer outro líquido.

Ligue para o Centro de Informações Toxicológicas (CIT) local. Veja o número do Centro de cada estado e do Distrito Federal no link.

Se recomendado pelo atendente do centro, busque atendimento médico com urgência.

Write a Comment

view all comments