Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Geral

Câmeras portáteis para segurança e transparência durante as fiscalizações em Gravataí

Publicado

-

Foto: Giro de Gravataí/Especial

Gravataí é primeiro município do Rio Grande do Sul a implantar efetivamente um sistema de gravação de imagem e áudio acoplado ao uniforme dos agentes de trânsito. A tecnologia, que também foi adotada em Caxias do Sul, mas é utilizada apenas em operações, garante maior transparência e segurança durante as abordagens. O prefeito Marco Alba fez a entrega oficial do equipamento a ser utilizado pelos fiscais de Gravataí durante todo o expediente, na manhã desta quarta-feira, 21, à Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semurb).

Já a partir desta quinta-feira, 22, todos os agentes de trânsito do município estarão equipados com a câmera – aparelho de 150 gramas e pouco mais de oito centímetros de altura e cinco de largura – que ficará acoplado ao uniforme. Os equipamentos têm o valor de aluguel de R$ 8 mil mensais. O dispositivo grava em HD (alta definição) por até dez horas, áudio e imagem, podendo fazer fotos simultaneamente. Além disso, a câmera possui sensor de infravermelho, com a função de “visão noturna” automática e identificação em escuridão total de objetos em uma média de 10 metros de distância. A abertura da lente é de 140 graus.

Foto: Giro de Gravataí/Especial

O dispositivo

Para armazenagem do material e carregamento das câmeras há uma estação base (Dock Station) com capacidade de carregar a bateria de até oito câmeras simultaneamente e armazenamento de dados de 6 Terabytes. Todos os arquivos são gravados e salvos com data, hora e localização de GPS. Segundo o analista de soluções da Ditec (empresa responsável pela tecnologia), Robson Martinazzo, o material salvo na base poderá ser acessado a qualquer tempo sendo que a pesquisa poderá ser feita pelo nome do agente ou ainda pelo número da câmera.

“A gravação de imagem e áudio oferece mais segurança e principalmente transparência para o cidadão abordado e para o agente público no cumprimento do seu dever”, ressaltou o prefeito. “Assim, tornamos a atividade ainda mais pública e corrigimos distorções que por ventura possam ocorrer.”

Representando o legislativo municipal no ato, o vereador Alison Silva, ex-secretário de Mobilidade Urbana, destacou a transparência que se dá no trabalho de fiscalização e a padronização das abordagens. Já o chefe da Fiscalização de Trânsito, Eduardo Piber, comentou que o agente de trânsito é malvisto muitas vezes pela sociedade, por cobrar e fazer cumprir a lei: “Esse novo equipamento é segurança para quem aborda e para quem é abordado. Um avanço nos nossos atendimentos”.

“O que estamos trazendo é um equipamento de excelência, utilizado por agentes de segurança em diversas partes do mundo, para proteger agentes e cidadãos. Gravataí está de parabéns por investir nesta tecnologia”, ressaltou o diretor-presidente da Ditec, Beto Amaral, responsável pelo equipamento.

*Com informações da Prefeitura Municipal de Gravataí

Publicidade
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias