BNDES aprova verba para construção de salas de cinema em Gravataí



O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou financiamento de R$ 12,6 milhões ao Grupo Econômico Arcoplex para construção de dois complexos cinematográficos em Gravataí (RS) e Araranguá (SC), além da expansão e modernização dos complexos já existentes nas cidades catarinenses de Itajaí e Jaraguá do Sul.

Os recursos são provenientes do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA) e do Programa para o Desenvolvimento da Economia da Cultura (BNDES Procult), sendo R$ 10,6 milhões do primeiro e os restantes R$ 2 milhões do segundo.

De acordo com a Arcoplex, todas as novas salas terão bilheteria e bombonière informatizadas, poltronas numeradas e vendas de ingressos antecipada. A projeção será digital e algumas salas contarão com recursos de projeção 3D. O investimento total da empresa no projeto está estimado em R$ 18,7 milhões.

As obras de expansão em Itajaí aumentaram de duas para quatro as salas de exibição que hoje conta com um total de 613 lugares. Em Jaraguá do Sul, quinta maior economia do Estado de Santa Catarina, o complexo contará com mais duas salas além das três já existentes e um total de 939 assentos.

A cidade de Araranguá não tinha cinema até a implantação do empreendimento com duas salas e um total de 458 cadeiras, localizadas no principal shopping center local. Gravataí também não conta com qualquer sala de projeção, apesar de se localizar na Zona Metropolitana de Porto Alegre. Em breve, a cidade terá um complexo de cinco salas com um total de 939 assentos.

Fonte: BNDES


Escreva um comentário

Ver todos os comentários  

Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Required fields marked as *