Água com coloração é alvo de reclamações em Gravataí



agua-suja2

Após o rompimento de uma adutora na Estrada da Cavalhada, a Corsan (Companhia Riograndense de Saneamento), havia dado o prazo de normalização do serviço para a madrugada desta quarta-feira (22). No entanto a companhia prorrogou para as 14h devido a complexidade do problema.  Ao todo 36 bairros do município sofreram com o desabastecimento.

Em alguns bairros a água voltou, porém ainda não é possível usá-la devido ao forte odor e a sua coloração. Moradores estão relatando em rede social a qualidade da água que sai de suas torneiras, em alguns casos é possível confundir a água com café.

Em dezembro de 2016, os gravataienses também sofreram com o mesmo problema. Na ocasião a Corsan havia  informado que mesmo com aquela coloração a água era potável e não apresentava risco à saúde dos contribuintes.

Em nota, a Corsan, informou que está “fazendo um expurgo na rede de abastecimento”. Ainda segundo a empresa, “a manobra está sendo feita para melhorar o abastecimento de água no município.

faixa


Escreva um comentário

Ver todos os comentários  

Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Required fields marked as *