Agente de trânsito de Gravataí é suspenso após autuar veículo de funcionário da prefeitura



Uma autuação virou caso de denúncia no Ministério Público (MP), por parte de um Fiscal de trânsito da Prefeitura de Gravataí. Segundo ele, no dia 07/06, na rua Cincinato Jardim do Vale, autuou um veículo que pertence a Odilon Wiguel Machado, que atualmente é assessor do secretário de trânsito do município.  Na ocasião, o veículo de Odilon estava estacionado em local irregular, e foi autuado e guinchado pelo fiscal, segundo ele, seguindo as orientações do Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

 
No dia 24/06, O fiscal recebeu um memorando interno 125TRT/2015, que o suspendia temporariamente de suas atividades na fiscalização do trânsito. O documento havia sido assinado pelo atual Diretor de Trânsito, Júlio César, por ordem do então secretário, Adão de Castro Júnior,  e não mencionava o motivo da suspensão.
Segundo o agente, os procedimentos foram realizados e cumpridos perante a  lei do CTB, além disso a suspensão partiu da ordem do Secretário, sem abrir qualquer sindicância ou Processo Administrativo (PAD), o que é  ilegal perante o regimento da carta maior.

 
Nossa equipe conseguiu conversar com o  agente por  telefone e falou sobre o abuso de autoridade por parte do secretário. “Além da não abertura da sindicância, o secretário não quis ouvir o depoimento dos colegas, tanto da remoção, quanto do rádio base, para confirmar que eu agi dentro da lei. Isso aconteceu porque a lei tem que ser usada para todos, e como autuei o veículo de seu assessor, ele me baniu das atividades externas. Isso foi abuso de autoridade” finalizou ele.

 
Uma representação contra o secretário foi aberta na última quinta-feira (30) e encaminhada ao prefeito municipal, Marco Alba. Nossa equipe tentou entrar em contato com a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (SEMURB) através do e-mail, mas até o fechamento desta matéria não obtivemos resposta. O Fiscal está suspenso de suas atividades e fará um pronunciamento na tarde da próxima terça-feira (04), na tribuna da Câmara de Vereadores, em Gravataí.

2222222222222222222222 11111111111111111111

 *Documento que comprova o acontecido. O mesmo foi encaminhado ao prefeito Marco Alba.

4 comentários

Escreva um comentário
  1. Batista Nunes
    julho 05, 17:18 Batista Nunes

    Isto é um absurdo. Ninguem está, ou deveria estar acima da lei, muito menos “os amigos do Rei”

    Reply this comment
  2. leandro
    julho 06, 08:13 leandro

    Os fiscais de transito as vezes abusan de autoridade, tambem nao sao coitadinhos. Bem feito!

    Reply this comment
  3. Valerio
    julho 07, 11:19 Valerio

    Tem prova de português no concurso pra Agente de Trânsito?

    Reply this comment
    • Raposo
      julho 07, 23:55 Raposo

      E por isso que este país está onde deve no lixo. Pois uns merdas ainda tentam defender os canalhas que usam do poder para se impor acima da lei. E culpar aos que as cuprem

      Reply this comment

Escreva um comentário

Ver todos os comentários  

Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Required fields marked as *