Adolescentes são detidos após matarem homem com tesoura e guarda-chuva na Morungava

057ca507-8716-401c-bf70-d30914e10191

Três adolescentes foram detidos após executarem um homem na noite deste último domingo (26), no bairro Morungava, na área rural de Gravataí. De acordo com a Polícia Civil, os jovens chegaram na residência de um homem de 37 anos, e o executaram de forma brutal.

Pedras, facas, cadeira e um guarda-chuva foram utilizados para matar a vítima. Ainda segundo a polícia, os adolescentes introduziram uma tesoura no pescoço do homem. Diversas lesões por todo o corpo foram constatadas pela perícia. Poucas horas após o crime, agentes da Delegacia de Polícia de Homicídios e Proteção à Pessoa, com apoio da 3ª Delegacia de Polícia de Canoas, foram até uma residência onde os executores teriam se escondido.

Dentro da casa foram localizados diversos pertences da vítima e também as roupas que os jovens utilizaram para praticar a barbárie. Aos policiais eles confessaram que conheciam a vítima e teriam planejado e praticado a execução para subtrair seu automóvel. Com eles foram localizados também um revólver calibre 38 e maconha.

Liberados novamente

O trio também é acusado de ter torturado um casal de idosos no ano de 2015. A tortura teria ocorrido no sítio que fica na parada 92 da ERS-020. Na ocasião, um homem maior de idade teria auxiliado os jovens na prática do crime. Na época ele havia sido preso pela Brigada Militar e os menores liberados.

Desta vez não foi diferente. Após confessarem a execução aos agentes da delegacia de homicídios, os jovens foram detidos e levados até a Delegacia de Pronto Atendimento de Gravataí, no entanto a promotoria liberou os adolescentes por serem menores de idade e por não existir provas contundentes que os coloquem na cena do crime.

faixa


Escreva um comentário

ver mais comentários  

Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Campos obrigatórios marcados como *